Anthony Levandowski cria religião para adorar Inteligencia Artificial ( AI )

Depois de acusações gravíssima e processo, Anthony Levandowski faz do seu trabalho uma religião onde espera fiéis para partilhar da mesma fé.

Anthony Levandowski tornou-se notório recentemente ao ser demitido e processado pela Waymo, empresa ‘irmã’ da Google. Com  acusação de espionagem industrial — ele teria baixado 9,7 GB de dados confidenciais relacionados aos planos da empresa para carros autônomos. Agora, além de dos processos e multibilionário, o engenheiro também será conhecido pela fé  ao criar  uma nova religião e inusitada para adora aInteligencias Artificial

 


Idêntica a histórias de ficção científica, a igreja Caminho do Futuro (Way of the Future) quer promover uma divindade baseada na Inteligência Artificial (AI). Apesar de ainda não ser constituída como uma religião , documentos submetidos pela organização ao estado da Califórnia, nos Estados Unidos, afirma que o objetivo do grupo é, “por meio da compreensão e adoração da Divindade, contribuir para o melhoramento da sociedade.”

 


Segundo uma reportagem da Wired sobre Levandowski, ele é um adepto da Singularidade, nome dado à “crença” de que a inteligência artificial superará a capacidade humana em algum momento. Ademais, o  destaque a total dado pela matéria e falta de surpresa nisso. Visto que ele é um dos grandes responsáveis pelo desenvolvimento da tecnologia de carros autônomos da Google e da Uber — e é justamente por isso que ele é o pivô dos atritos entre as duas companhias.

 


“Ele tinha essa motivação estranha sobre robôs tomando o mundo — tomando o mundo de fato, num sentido militar”, declarou um amigo não identificado de Levandowski, também engenheiro.

“Eu adorava trocar ideia com esse cara. Adorava que nós criávamos uma visão do mundo que não existe ainda e nos apaixonávamos por ela”, acrescentou, ressaltando que o interesse por uma “inteligência [artificial] superior” do ex-funcionário da Google não é de hoje.

Muitas ¨religiões estão sendo criadas  mundo afora. O que você acha de novas formas de adorar, deuses criados pelo homem que vai totalmente fora daquilo que se conhece através da Biblia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *