Papai noel
Pastor Denilson Lima

A forma como o natal é comemorado pela maioria dos cristãos, ainda  é assunto que permeia as igrejas nesta época. No mesmo período de 2017, o Pastor Denilson Lima surgiu em vídeo comentando a data festiva, a qual foi interpretado por alguns de forma negativa. A equipe do Buxixo entrou em contato com o pastor, para conhecer um pouco mais sobre o que pensa das festas natalinas.

O pastor Denilson Lima também falou que é membro da CEADEB (Convenção das Assembleias de Deus no Estado da Bahia),e serve como pastor auxiliar no campo de Pau da Lima com o pastor Jessé Nune em Salvador-BA. Além de  teólogo é escritor de 7 livros, escrevendo o 8° (Apocalipse) ,também  é escatólogo e conferencista internacional. Casado com a irmã Elen e pai de Samuel e David Lima, um jovem cantor gospel  que viaja o Brasil inteiro.




Ele pastoreou igreja por quatro anos até que partiu para itinerância a qual já está 14 anos, viajando  constantemente  para outro países.

O pastor também é um dos diretores da Conexão Global, ao lado do Pastor Éder Toledo. Sempre ligado a missões pois acredita que  missões é tarefa da Igreja. Porém , lamentavelmente, para missões transcultural, é preciso 10.000 (dez mil) crentes para enviar um missionário.

“A contribuição dos crentes para missão é de 1,30 (hum reais e trinta centavos). Diretamente estou envolvido com a missão da Índia, Nepal e agora, Paquistão. São quase 30 (trinta missionários). Nos mais de seis anos mantendo esta missão, mais de 6.500 (seis mil e quinhentas) pessoas desceram as águas batismais. Quinze templos construídos. Além dos missionários, mantemos cerca de dez leprosários”, contou o pastor orgulhos do feito.

Como tem se aproximado da festas de fim de ano, principalmente na questão do natal e os símbolos que são usados pela maioria dos evangélicos para comemoração, a pergunta foi amplamente comentado pelo pastor.

“O Natal é uma data em que, mais de 30% da humanidade, ou seja, todos os cristãos, comemora o nascimento de Jesus. Na antiguidade, o Natal era comemorado em várias datas diferentes, pois não se sabia com exatidão a data do nascimento de Jesus. A partir do século IV, através do imperador Constantino, o dia 25 de dezembro tornou-se data oficial de comemoração”




Segundo Denilson Lima a figura de São Nicolau foi transformada em pai noel pelos alemães.

“A figura do lendário personagem, papai Noel (papai Natal, em francês), é inspirado em São Nicolau, um arcebispo que viveu no IV século d.C. A história em torno de São Nicolau, é que, ele ajudava as pessoas necessitadas, jogando através das chaminés das casas, sacos com moedas de ouro. Foram os alemães quem transformou São Nicolau em figura natalina. A partir do século XX, a Coca Cola apresentou um velhinho gordo, com barba branca vestindo trajes vermelhos, residente no polo norte e que aparece de ano em ano com suas renas voadoras, como papai Noel. O Noel, para grandes marcas, a exemplo da Coca Cola, é apenas marketing de venda”

continuou:”Falando sobre o que Bíblia diz acerca do assunto, Jesus não ordenou comemorar seu nascimento. Ordenou partir o pão, assim como o Seu corpo foi partido por nós, ou seja, sua morte (Lucas 22:19). Contudo, não existe uma proibição por parte de Jesus ou dos apóstolos para que não se comemore o Seu nascimento. No Evangelho Lucano, 2:8-20 lemos que anjos e pastores celebraram o nascimento do Salvador, assim como, dois anos após (Mt. 2), os sábios também festejaram juntamente com Maria, a encarnação do verbo, oferecendo-lhe, dádivas: ouro, incenso e mirra.
Vejo o Natal como um momento de estar com a família, e a oportunidade de falar salvação do Salvador. Só precisamos ter o cuidado de não substituir Jesus pelo papai Noel – principalmente na mente das nossas crianças”



Além de luzes, enfeites de cores verde e vermelha, também é aplicada com parte decoração árvore recheada de presentes. De acordo com Denilson, este já seria um princípio pagão dos egípcios.

” A verdade é que o costume de enfeitar árvores, é muito mais antigo do que o próprio Natal. Os egípcios, romanos tinham este costume, com propósito pagão. Porém, certos cristãos passaram a usar e aos poucos, foi difundindo”.

Segundo uma lenda explicada pelo pastor, um dos maiores símbolos do protestantismo foi o precurssor da idéia de enfeitar árvores.

“Reza a lenda, que Martinho Lutero, quando andava na floresta durante a noite, viu o efeito das estrelas acima das árvores. E  assim, levou essa imagem em forma de árvore, com uma estrela no topo, para a sua família. Hoje em dia, cristãos do mundo inteiro usa a árvore de natal.




Denilson Afirma não se envolver emocionalmente com a s festas natalinas. Embora tenha um princípio pagão, não vê a árvore como idolatria, alem de simples objeto de decoração.

“Na minha casa não uso. Não me envolvo emocionalmente com este período. Já outras pessoas, inclusive pastores, usam como enfeite, como decoração. Falar que é idolatria um crente decorar a sua sala com árvore de natal, seria absurdo da minha parte. Pois, creio eu que, jamais, um crente a usaria senão como simples decoração”, concluiu.

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: noticias@obuxixogospel.com.br que iremos analisar.