Notícias Gospel

Pastor morto a tiros pode ter sido confundido pelo assassino

assassinado
Pastor é assassinado a tiros

O pastor evangélico Marcelo da Silva, de 49 anos, foi morto a tiros, no final da noite de terça-feira. Ele estava em sua própria residência, em um residencial do do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, em Itaipuaçu, Maricá. Marcelo era ligado à Igreja Unção e Vida, em São Bento da Lagoa, na Estrada de Itaipuaçu.


De acordo com informações preliminares, o assassino invadiu a casa de Marcelo, e efetuou os disparos contra a vítima. Marcelo caiu ferido na garagem da casa. O pastor ainda foi socorrido por uma equipe de Resgate da Secretaria Municipal de Saúde. Ele foi levado para o Hospital Municipal Conde Modesto Leal, no Centro de Maricá, não resistiu e veio a falecer.


Pastor mantinha mulheres, crianças e adolescentes em cárcere privado


Segundo informações do site São Gonçalo gentes da Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG) foram até o local em busca de informações. Na manhã de de quarta (13) , imagens de câmeras de seguranças foram colhidas e serão analisadas.

Marcelo estava vivendo um novo relacionamento há cerca de um ano. Também morava no local desde o ano passado. Amigos da vítima afirmaram que o pastor atualmente tinha o sonho de abrir uma clínica de psicanálise

A polícia investiga se a morte teve motivação passional ou se o homem foi morto por engano. Familiares e amigos da vítima vão ser ouvidos.

Comentários

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo