Cantor Nego do Borel faz jogada mestre ao se batizar na Igreja Batista Lagoinha

Igreja
Nego Borel

O cantor de funk Nego do Borel parece mesmo que achou a formula do marketing. Depois de testar várias receitas, algumas até causando polêmica, tudo indica que esta vai dar certo, pois o ingrediente principal foi se batizar na Igreja Batista da Lagoinha.

Antes que o funkeiro Nego do Borel experimentasse uma pitada da Laginha na corrida da formula mágica para manter o sucesso no mundo do funk, ele resolveu gravar um clip dando um beijo em outro homem. Depois que o clip do cantor viralizou e atraiu vários cometários, na maioria negativos, passou-se a comentar nas redes sociais que o cantor seria gay.

Com a ascensão de Pablo Vittar que ganhou um público que até então parecia orfão, Borel tentou tal tiro que acabou saindo pela culatra. Quando tudo parecia perdido , e todos achando que gastou sua última munição, ele ainda surgiu com mais uma.

Ao lado de pastores da igreja Universal, Borel resolveu subir o morro e quase fez com que todos acreditassem que havia se tornado evangélico a partir de uma declaração mal explicada.

Borel chegou a entrar em uma grande polêmica com o transexual Luisa Marilac, ao chamá-lo de “homem” no Instagram. A confusão saiu das redes sociais e foi parar em um show que estava fazendo participação ao lado da também funkeira Anitta. O público não o perdoou e o recebeu com vaias. Anitta até que tentou defender o amigo. Contudo, em vão.

Inclusive o Supremo Tribunal Federal julga nesta quarta(13),  uma Ação Direta de Inconstitucionalidade por Omissão (ADO 26) proposta pelo Partido Popular Socialista (PPS), que visa tornar crime o que for considerado “transfobia” e “homofobia” no Brasil.

Na ocasião, a mídia tratou o caso envolvendo Nego do Borel como um ato de “transfobia”. Uma coluna do portal UOL, por exemplo, disse que a resposta do cantor ao transexual foi “transfóbica”, exemplificando como a opinião pública será tratada, por via da mordaça, caso a ADO26 seja acatada pelo STF.

Depois de tantas voltas e marketing negativo envolvendo Borel, segundo as informações do colunista Leo Dias , ele teria pedido para seu colega, Wesley Safadão, que já frequenta a Lagoinha há algum tempo, para lhe ajudar com o momento ruim em sua vida. Seria devido ao número de críticas “politicamente corretas” que sofreu após o incidente com Marilac.

Foi assim que Nego do Borel foi parar na Igreja Batista Lagoinha, em Minas Gerais, onde deve ter “confessado a Jesus Cristo” como único e suficiente salvador e decidido se batizar nas águas.

Cantor gospel que voltou para o funk, aprendeu da forma mais dolorosa e voltou para igreja

Atualmente, ainda segundo Leo Dias, Borel estaria frequentado uma filial da igreja, no Recreio dos Bandeirantes, no Rio, liderada pelo pastor Felippe Valadão.

Comentários
Botão Voltar ao topo