promotor de justiça
Pastor Valdomiro apresenta assistente como promotor

O desespero do presidente da ADESAL em meio as denuncias feitas por pastores e obreiros da Assembléia de Deus Salvador é nítido. Desta vez o pastor Valdomiro Pereira deu um passo infeliz e apresentou um assistente de promotoria como sendo promotor justiça.

Na na reunião de obreiros da ADESAL o pastor presidente , Valdomiro Pereira apresentou umas contas da AME de 2017. Ele afirmou que havia sido aprovada. Ainda chamou um pastor afirmando que era promotor de justiça para corroborar sobre o que tinha dito das contas de 2017.

Por outro lado, o pastor que aceitou sem fazer nenhuma correção quanto ao seu cargo público, afirmou que aquelas contas estavam corretas.

Porém quem esteve presente na reunião, conta que o pastor presidente se esqueceu de falar o real das contas da AME. Estas seriam de gastos dele.

Ainda teria as contas da CEADEB Comunicação que pastores apontam como empresa fantasma. Ela estaria prestando fictícios serviços a CEADEB e recebe valores altíssimos por mês. Também não falou, do que estão chamando de “máfia das notas”. Notas teriam sido falsificadas e duplicadas para encobrir gastos com candidatos em campanha eleitoral.

No entanto, o pastor apresentado na reunião da ADESAL como Promotor, não é. Mas sim, assessor jurídico do Ministério Público, pode ter entrado em uma tremenda enrascada do pastor Valdomiro.

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: noticias@obuxixogospel.com.br que iremos analisar.