Depois de duras críticas , Bolsonaro recebe lideranças evangélicas no palácio do planalto

Envangélicos

Depois de ser acusado de usar o povo evangélico apenas se eleger, Bolsonaro está voltando a ativa nos diálogos com o meio evangélico. A força evangélica e altamente influente no país trabalhou para colocar o capitão no poder,preterindo até mesmo,o candidato evangélico,Cabo Daciolo.

Essa semana após vários ataque e críticas feitas a Bolsonaro pelo afastamento da comunidade evangélica,Bolsonaro parece estar querendo dialogar novamente. Pelo menos,foi o que noticiou o jornalista Lauro Jardim,do globo,que informou uma reunião de portas fechadas entre o presidente da República e o Missionário RR.Soares,fundador e líder da Igreja Internacional da Graça de Deus.

Apesar de não se saber exatamente do que se trata a conversa,só o fato de Bolsonaro ter se aproximado do líder religioso reforça a imagem de que ele está aberto a ouvir as reivindicações da camada evangélica.O sabe-se é que RR foi um dos grandes apoiadores de Bolsonaro,bem como a maioria das lideranças cristãs do país.

Nesta última semana,circulou pela imprensa nacional a notícia de que a bancada evangélica estava muito descontente com Bolsonaro e que iria criar um boicote à tramitação da nova previdência.Tudo por conta do esfriamento da relação entre o presidente e a bancada,que acusa os militares pelo afastamento.

O Pastor e deputado federal Marco Feliciano também criticou fortemente o governo, que cobrou maior aproximação e diálogo com a classe evangélica.

 “A comunicação está péssima. O ego daqueles que vcs elegeram está tão inflado que só enxergam seus umbigos. Alguns ministros estão deslumbrados com os holofotes”, atacou Feliciano pelo twitter.Coincidentemente,4 dias depois ele foi eleito um dos vice-líderes do governo no congresso.

” Humilhou e profanou os símbolos cristãos”, disse Feliciano sobre desfile da Gaviões da Fiel

Outro político que não economizou foi o deputado Sóstenes que chegou a declarar a um jornal: “”A bancada [evangélica] nunca teve espaço, mas agora está pior. Ele [Bolsonaro] só dialoga com os militares e com os filhos.”, atirou o político.Depois disso Bolsonaro deve ter acordado.

O presidente também recebeu os apóstolos Cesar Augusto e Estevam Hernadez para dialogar.Bolsonaro recebeu e vestiu a camisa da Marcha pra Jesus e fotografou mostrando seu apoio ao evento.

Etiquetas
Comentários
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] Depois de duras críticas , Bolsonaro recebe lideranças evangélicas no palácio do planalto […]

Botão Voltar ao topo