Urgente: Pastor é procurado suspeito de dar golpe em hotéis

hospedagem

O  Pastor João Batista, está sendo procurado como suspeito de promover roubos e calotes em hotéis e pousadas de Campo Maior. O caso, foi registrado no 2ª DP, por denuncia da proprietária da Pousada Genelva, no Bairro Cidade Nova, alegando que ele teria se hospedado e saído sem pagar as estadias.

Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência Policial que foi registrado pela empresária, o suposto pastor teria ficado 12 dias em um dos quartos da pousada e ao sair ainda teria pego um celular e um perfume pertencentes a sua filha.

“Ficou 12 dias hospedado almoçando, jantando e tomando café […] que foi embora embora sem pagar e ainda furtou um celular“, diz o Boletim de Ocorrência.

Informações dão conta que, para a polícia, a empresária revelou ainda que o hospedou, por ele alegar que havia sido roubado e que não teria dinheiro pra pagar, mas que parentes iriam ajudar-lo.

“Um prejuízo de aproximadamente R$ 1,5 mil. Quando cobrado avisava que estava esperando o dinheiro chegar, pois um parente iria depositar o dinheiro”, contou a proprietári Genelva.

O pastor saiu escondido da pausada nas primeiras horas da manhã da terça-feira (26) sem que ninguém o visse.

Após um ano da polêmica com o pastor Adão Santos Isa Reis volta de fininho ao seu perfil facebook

O suposto evangélico ainda é suspeito de se hospedar e não pagar no Elite Hotel, no centro de Campo Maior.

B.O

Etiquetas
Comentários
Botão Voltar ao topo