elizeu rosa

O pastor Elizeu Simões Rosa que tem tomado a frente entre outros pastores para denunciar ao Ministério Público Federal, o pastor presidente da ADESAL, Valdomiro Pereira, e tem exigido transparência na administração da Assembléia de Deus em salvador, propôs um acordo de paz que não foi aceito.

Elizeu foi impedido de entrar um reunião encabeçada por Valdomiro Pereira, sendo barrado por seus obreiros que faziam a segurança do local, segundo Rosa, a mando do próprio presidente.

Simões que já havia denunciado a cúpula da presidência intensificou nas investigações na atual administração, e de acordo com os fatos apurados, estendeu o caso até o Ministério Publico do Estado da Bahia e Federal.

No entanto depois de uma batalha enfadonha, Elizeu Rosa resolver redigir um termo de acordo com algumas exigências que além de ser entregue ao presidente da ADESAL, também passou a circular nos grupos de WhatsApp.

Entre o termo estipulado está a criação da Ouvidoria da CEADEB, talvez no intento que se crie mais empresas fantasmas, sendo que um dos outros pontos é justamente a retirada imediata das empresas com endereço na sede da CEADEB.

Pastor Jornalista e fiéis pedem afastamento de Valdomiro Pereira da ADESAL e faz denúncias ao Ministério Público

Veja as exigências

1- Anistia de todos os envolvidos inclusive os denunciados no conselho de ética
2 -Retirada imediata das empresas com endereço na sede da CEADEB
3- Cancelamento dos contratos com as empresas de Arilson, Alex Santana, Valdomiro, Carlito Fiel e da Família do presidente com a CEADEB,
3 -Exoneração e demissão dos parentes do presidente e do Pastor Arilson do cargo de prefeito administrador da CEADEB,
4- Criação da Ouvidoria da CEADEB
5 -Fim do protecionismo para os aliados do presidente inclusive com arquivamentos de processos no conselho de ética e aniquilamento dos ditos inimigos e opositores do presidente e da mesa diretora
6- Cumprimento dos acordos feitos com a ADESAL, com os ministros e manutenção financeiro acordado com os ministros que perderam campo e disciplinados
7- Devolução do Campo do Pastor Arlindo tomado injustamente e a manutenção da sua prebenda até a posse do mesmo:
8 Interrupção dos efeitos suspensivo ministério do Pastor Weldon na ADESAL,
9- Interrupção dos efeitos suspensivo contra o ministério do Pastor Elizeu Rosa na ADESAL ou envio para o campo
10- Afastamento do Presidente da CEADEB por 90 dias para apuração dos fatos
11 -Apuração sobre as últimas eleições para apurar de quem é a empresa das urnas que fizeram o processo eleitoral, o porque não houve nenhum transparência nos lançamentos dos nomes nas urnas antes da votação com a presença dos candidatos de oposição? , auditoria nas urnas, porque não utilizou as urnas do TRE, se estava disponíveis? qual a participação de Arilson e Alex com a empresa das Urnas?
12- Proibição de política partidária dentro das Igreja e da Convenção e do envolvimento de diretores do presidente da CEADEB.

O termo não foi favorável ao presidente da ADESAL que imediatamente recusou o acordo de paz. O pastor Elizeu ainda não se pronunciou sobre o caso.

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do "O Buxixo Gospel. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: noticias@obuxixogospel.com.br que iremos analisar.