2 fiéis são mortos durante e 2 ficam ferido durante peregrinação de Sexta-feira Santa

2 fiéis são mortos durante e 2 ficam ferido durante peregrinação de Sexta-feira Santa

Dois fiéis peregrinos foram mortos e outros dois ficaram levemente feridas após um atropelamento na madrugada desta sexta-feira Santa (19) em São Martinho, no Sul catarinense.

O grupo de peregrinos estavam caminhando na Estrada Geral Rio São João de Capivari. Eles seguiam em direção ao Santuário de Santa Albertina, na comunidade de São Luiz. O condutor da picape, de 38 anos, ficou ferido e ainda segue internado.

Um dos fiéis sendo Jean Carlos Savi Mondo, 40 anos, e o outro Josemar de Bona, 30 anos.

Eles não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Ainda outras duas mulheres, de 24 e 32 anos, também foram atingidas pelo veículo.

Elas sofreram ferimentos leves, foram atendidas pelos bombeiros e logo em seguida liberadas. Segundo informou a Polícia Militar, as vítimas foram atingidas por uma Mitsubishi L200, por volta das 3h30. Após ter atropelado os peregrinos o motorista perdeu o controle e bateu contra uma árvore. Com lesões leves ele foi encaminhado com para o Hospital Santa Teresinha. Até o momento ele seguia internado.

De acordo ainda com a Polícia Militar, o local onde o acidente teria acontecido não teria calçamento. Segundo os militares os peregrinos provavelmente caminhavam no meio da rua.

O delegado de polícia que atendeu a ocorrência, André Crisóstomo, decidiu que não havia elementos suficientes para caracterizar a prisão em flagrante. Também não há informações de que velocidade o veículo estaria quando o condutor efetuou o atropelamento.

Além da Polícia Militar, a Polícia Civil também disse que na hora do acidente tinha muita neblina. Este seria o fator que pode ter dificultado a visibilidade do motorista.

No atendimento hospitalar emergencial, foi exames mostraram que o motorista não estava embriagado, conforme informou a polícia. Contudo ainda haverá um inquérito policial que irá apurar as causas do acidente. Após analise o motorista poderá ser responsabilizado criminalmente pelo caso.

Etiquetas
Comentários
Botão Voltar ao topo