Tv Record e Igreja Universal devem pagar multa de R$600 Mil por racismo e intolerância religiosa?

A TV Record e a Igreja Universal estão sendo multadas por racismo e intolerância religiosa.

racismo
Igreja Universal

Tv Record e Igreja Universal devem pagar multa de R$600 Mil por racismo e intolerância religiosa. A TV Record e a Igreja Universal estão sendo multadas por racismo e intolerância religiosa. Devido ao fato dos seu programas evangélicos, que são transmitidos pela emissora , atacarem o candomblé e a umbanda.

“Mistérios” e “Sessão Descarrego”, são dois programas produzidos pela Igreja Universal do Reino de Deus, e transmitidos pela emissora TV Record. Nesses programas, foram feitos duros ataques contra a religião umbanda e candomblé.  

O Ministério Público declarou os ataques como intolerância religiosa e apontou “racismo institucional praticado por meio de comunicação social”. Depois de 13 anos o caso na Justiça, ele chegou ao fim. A emissora TV Record terá de pagar R$ 600 mil de indenização. Também dar direito de resposta e custear integralmente vídeos didáticos sobre religiões de matriz africana.

A ação é de autoria do Ministério Público Federal. Ainda tem poio do Instituto Nacional de Tradição e Cultura Afro-Brasileira (Itecab) e ao Centro de Estudos das Relações de Trabalho e da Desigualdade (Ceert).

A Itecab e a Ceert, as duas entidades vão produzir os vídeos educativos, além de receber os R$ 600 mil de indenização.

O Ministério Público alegou na Justiça, a posição de que os programas eram uma manifestação de “intolerância religiosa em pleno espaço público televisivo contra as religiões afro-brasileiras”.

Alem disso, o MP afirmou que não se pode “servir de instrumento para ‘acobertar’ condutas ilegais”. No julgamento, em 2018, o procurador Walter Rothenburg enfatizou a importância da tolerância religiosa para democracia.

“E esse foi um episódio de “racismo institucional praticado por meio de comunicação social”. afirmou Walter

Etiquetas
Comentários
Botão Voltar ao topo