Brasil

Pastores se posicionam contra a apropriação do arco-íris pelo movimento LGBT.

O arco-íris é um simbolo religioso cristão utilizado desde a época de Noé, há aproximadamente 2000 a.C.

Alguns pastores, tem se posicionado acerca da utilização do arco-íris, que segundo eles, estaria sendo feita de forma deturpada pela população LGBT.

Com isso, a pastora Jenn Johnson, que lidera a Bethel Church, localizada na Califórnia, fez um comentário um tanto polêmico em suas redes sociais, ao  postar a foto de um arco-íris com a seguinte legenda:

“O arco-íris é um sinal da promessa e da aliança de Deus conosco. Este símbolo não será distorcido ou comprometido. Será celebrado pelo que o design original nos fala: Um Pai amoroso que é perfeito e cuida de cada um de nós. Ele te ama! Você foi feito de forma maravilhosa” escreveu a pastora, que conta com aproximadamente 300 mil seguidores em suas redes sociais .

A publicação atingiu aproximadamente 55 mil curtidas já nos primeiros minutos, e causou grande polêmica por ter sido feita no final do mês de Junho, que é considerado como o mês do orgulho gay.

Ademais, o Cantor Chris Durán repostou o conteúdo.

Para Eristelia Bernardo, pastora da igreja Internacional da Graça de Deus, em Caratinga (MG), afirmou que essa distorção do simbolo da aliança que Deus fez com a humanidade, reforça a ideia de que Satanás, o enganador, tem deturpado cada vez mais a palavra de Deus ao longo dos anos, com o objetivo de cegar o entendimento das pessoas.

“No jardim do Éden o vimos enganando Eva após deturpar o que Deus disse. No Novo Testamento, vemos Satanás tentando enganar o próprio Senhor Jesus também deturpando o que a Bíblia diz. Satanás é o pai da mentira, nunca se firmou na verdade e tem como objetivo mudar a verdade de Deus “, afirmou  a pastora e uma entrevista dada ao Pleno.News.

“A gente precisa se preocupar em ensinar dentro das nossas igrejas porque o Evangelho é para aquele que anda nas diretrizes do Senhor e que vive segundo a Bíblia. Nós precisamos ter esse entendimento, mas o movimento LGBT não está interessado em conhecer nossa opinião e, para eles, não faz diferença o que pensamos sobre isso.

Entretanto, apesar de também reconhecer o arco-íris como um simbolo cristao, o pastor Pedro, da Comunidade Batista, no Rio de Janeiro, afirma que não devemos nos preocupar em lutar por símbolos.

” Nosso foco precisa estar em Jesus e não no periférico. Precisamos voltar ao primeiro amor, olhar para Cristo e para nossa própria vida”, explicou o pastor.

 

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.