Bíblias são distribuídas para norte-africanos na Espanha.

O projeto ajuda a divulgar o evangelho nos países onde não se tem acesso à palavra.

Com o objetivo de evangelizar o maior número de pessoas possível, um grupo de cristãos criou a “operação Transito”, que visa entregar cópias do novo testamento bíblico, entre outros matérias de cunho religioso e evangelístico em importantes portos da Espanha, como Algeciras, Melilla e Tarifa.

Todos os dias , milhares de pessoas passam por esses portos para entrar e sair do país. Ademais, na época do verão, há um crescimento exacerbado do número de pessoas  que passam por esses lugares. A ,maioria dessas pessoas, são norte-africanos, que aproveitam para visitar seus parentes e amigos nessas datas.

“No ano passado, quase 3 milhões e meio de passageiros muçulmanos cruzaram nossos portos”, afirma o diretor da Sociedade Bíblica Espanhola, Luis Fajardo.

Esta, seria um boa forma de acabar levando a palavra de Deus alugares onde as escrituras sagradas são de difícil acesso. Sendo assim, todo verão, cristãos aparecem de vários cantos e distribuem bíblias para os tripulantes e passageiros dos navios.

“O Marrocos permite que a Sociedade Bíblica entre em apenas 50 Bíblias por ano, com a Operação Trânsito mais bíblica pode entrar, é uma maneira de semear”, contou o diretor.

ao que parece, o projeto tem surtido efeito, pois nos últimos tempos, houve um a melhora no crescimento das igrejas no norte da Africa, onde em muitos lugares o evangelho sequer é aceito.

“No Marrocos, por exemplo, sabemos que agora existem 40.000 crentes e 30 igrejas reconhecidas. Nos anos 90, havia apenas algumas centenas de cristãos”, revelou o diretor da Sociedade Bíblica da Espanha.

Simultaneamente,  quantidade de materiais que são distribuídos para as pessoas também tem crescido mais a cada ano que passa, atingindo “mais de 3 milhões de novos testamentos”, contou Luis Fajardo.

“A Sociedade Bíblica Espanhola produz os materiais e também tentamos ajudar as pessoas que fazem essa distribuição. Damos a oportunidade a jovens que não podem pagar a estadia e queremos ajudá-los ”, destacou ele.

 

 

 

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo