Brasil

Cansada de desilusões amorosas,Pastora dá conselho na web

Religiosa falou de suas próprias experiências

Um pastora chamou atenção nas redes sociais por falar um pouco sobre sua vida sentimental.Estamos falando da Pastora Naiane Câmara,que confidenciou nas redes sociais que já sofreu muito nessa área de sua vida.

A pastora que sofria de uma terrível baixa estima,embora hoje seja considerada uma das mais belas pastoras do Brasil,Nana,como é conhecida já teve um passado infeliz.Ela contou que depois de sofrer uma terrível desiusãono amor,ela fez uma oração pra Deus e depois disso apegou-se totalmente em fazer trabalhos missionários.

Hoje ,Naiane comemora seus 12 anos com o pastor André Câmara que também é considerado um dos pastores mais bonitos do Brasil,além de ser da poderosa família Câmara líder da CADB(Convenção das Assembléias Deus no Brasil).Naiane aconselhou as desiludidas a se apegarem com Deus e e seguirem suas vidas confiando na providência divina para suas vidas amorosas também.

Leia abaixo o relato na íntegra da pastora:

“Me lembro que um dia jogada no chão do meu quarto, sem forças para levantar, tão nova e desiludida eu falei com Deus. Em prantos eu disse: “ Senhor, eu nunca serei feliz no amor, ninguém nunca vai me querer, ninguém nunca vai me amar de verdade”. Naquela noite eu escutei a voz de Deus como de uma pessoa do meu lado, Ele me disse: “Se você continuar comigo e me amar acima de tudo, eu te darei o melhor dessa terra”.

Com muitas oportunidades e desculpas para me afastar de Deus, eu DECIDI me apegar maissss ainda Nele. Foi aí que naquele mesmo mês eu conheci o Andre e Deus mostrou a sua fidelidade. São quase 12 anos juntos total e ao lado dele tenho vivido o melhor dessa terra. Eu profetizo que no momento de Deus, sem pressa, Deus vai se manifestar e você vai SIM com a graça viver o melhor Dele . Decida JESUS TODOS OS DIAS!!”,afirmou a pastora.

Etiquetas
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar