Brasil

“Não somos um serviço de entretenimento”, afirma pastor sobre igrejas atuais.

"As pessoas programam suas igrejas para ver quantas pessoas vão sentar nos bancos no domingo", denunciou o pastor.

A pregação do evangelho nas igrejas possou por diversas transformações desde a época da igreja primitiva com os primeiros discípulos de Jesus. em todos os períodos, alguns erros foram denunciados por profetas, que sempre alertam aos irmãos para que voltem ao primeiro amor e voltem a colocar em prática o modelo de igreja instaurado pelos primeiros seguidores de Jesus.

Nos tempos atuais não tem sido diferente. Sobre isso, o pastor David Jeremiah tem denunciado que as igrejas de hoje em dia se tornaram verdadeiros centros de entretenimento e com isso, se esqueceram de salvar as almas e fazer discípulos.

A Igreja está sendo atacada; é esquecido o que a Igreja deveria ser .Não somos um serviço de entretenimento; não estamos aqui para ver quão perto podemos chegar do que o mundo faz. Mas há muito do mundo na Igreja e vice-versa que não podemos dizer a diferença. Nós temos que manter a verdade. Nós temos que nos alimentar. Se isso não está acontecendo, você é uma organização social e não uma igreja ”,afirma o pastor em uma entrevista ao The Christian Post. Jeremiah é alem de pastor, fundador do Turning Point Radio and Television Ministries.

Há uma motivação incrível por parte de todos para ter sucesso, e muitas vezes as pessoas programam suas igrejas para ver quantas pessoas vão sentar nos bancos no domingo. Não há nada de errado em levar as pessoas para lá, contanto que você compartilhe o Evangelho. Mas não há glória em apenas em números” exortou ele ao lembrar que muitas denominações tem feito de tudo para continuar aparentemente relevantes em maio a um declínio da presença de pessoas nos cultos.

Não adore no altar de presença“, aconselhou ele. “Muitas coisas boas acontecem nas igrejas quando não há números enormes, mas o pastor preparou uma boa mensagem e há adoração. Nós saímos nessa coisa que temos que ser maior do que o cara da rua e como conseguir mais pessoas no prédio. Quando você está focado nisso, você nunca vai pregar nada que seja controverso e você sempre estará tentando descobrir como conseguir mais pessoas para vir.”

Aqui na Califórnia, vemos interesse por parte dos millennials e mais jovens pela Bíblia e pela verdade”,acrescentou. “Na maioria das vezes, vemos estatísticas sobre como as pessoas estão deixando a Igreja, mas, em muitos aspectos, os jovens estão exigindo mais verdade, mais ensino e menos entretenimento. Eles não estão interessados ??em expressões superficiais da religião ”denunciou Jeremiah.

Os cristãos têm dois marcadores importantes em suas vidas: quando se tornam cristãos e quando vão para o céu. Mas a maioria dos cristãos não sabe o que fazer entre esses dois marcadores, e isso é porque as igrejas não os ensinam”, disse Jeremiah. “Toda a ideia de que Deus espera que construamos um caráter em nossas vidas é uma coisa estranha para tantas pessoas, porque não foi ensinada e explicada em nossos púlpitos.”

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar