Brasil

Pastor influente usa redes sociais para criticar dentes milionários de Marco Feliciano.

Segundo o pastor, Feliciano foi infeliz com seus gastos pessoais pagos pelo governo

O deputado federal e pastor, Marco Feliciano, foi criticado por outro pastor que desenvolve pregações itinerantes, Renato Vargens.

Renato não poupou a sua página pessoal do facebook para direcionar farpas ao parlamentar, que gastou uma nota preta no tratamento dos seus dentes, por volta de R$ 157 mil reais, a questão é que o valor utilizado por Feliciano foi verba pública e essa postura deixava-o igual a outros políticos.

O pastor Renato Vargens disse na sua postagem que tal atitude é de causar vergonha, e que o político deveria ter o mesmo sentimento. Que se Feliciano quisesse cuidar dos seus dentes que o fizesse com suas reservas financeiras e não com o dinheiro do povo. Veja:

 

“O deputado Marcos Feliciano usou 157 mil reais do dinheiro público para cuidar dos seus dentes. Isso é um acinte, um disparate, até porque, não cabe ao deputado usar verba pública para acertar sua dentição. Feliciano deveria se envergonhar de usar dinheiro da nação para isso. Ora, se quer cuidar dos dentes, que o faça, mas, com seu dinheiro e não com dinheiro do povo brasileiro. Com essa atitude Feliciano se iguala a centenas de políticos brasileiros que usam do erário para o seu próprio bem, o que é uma vergonha”.

Escreveu Renato Vargens

 

Ultimamente o deputado foi sinalizado através do portal da transparência da câmara dos deputados, como um dos deputados que mais gastam do congresso. Chegando a torrar 99% da sua quota parlamentar de gabinete com principalmente passagens aéreas.

O pastor antes de ser político sempre assumiu uma personalidade vaidosa, com anéis e pulseiras de ouro, roupas de grifes famosas, sapatos de couro de jacaré e relógios exuberantes, sempre foi a sua marca registrada.

Ele era um dos pastores pioneiros que nos grandes congressos como gideões da ultima hora, realizado em Balneário Camboriú se vestiam ternos impecáveis e coletes para ternos. o deputado não se pronunciou ainda a respeito do fato.

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar