Brasil

Bolsonaro afirma em entrevista que cortou patrocínio para filme que mostrava crente hipócrita

Presidente deu entrevista a Antonia Fontenelle

O convidado do programa de entrevista do Youtube “NaLata” apresentado por Antônia Fontinelli, foi o presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro.

A entrevista foi quente e a apresentadora ficou surpresa com tamanha simplicidade e humildade de vossa excelência senhor presidente. Ela começou falando que sentiu desde a primeira vez em que teve a honra de entrevistá-lo que seria o presidente da república e fez todo o discurso de apresentação inicial da pessoa do Bolsonaro.

O Presidente começou respondendo sobre o (PIB) produto interno bruto, brasileiro. Ele fala que houve sim um crescimento que vinha de 0,0% cresceu para 0,4% e a economia deu um salto. Jair atribuiu a união entre a sua equipe que está trabalhando para isso. E informou que o senhor Paulo Guedes está realizando um excelente trabalho, mas não se isentou em querer crescer mais ainda, muito embora segundo ele o país está saindo do “buraco” econômico, porém isso não impede que se haja maiores avanços.

Fontinelli falou da situação que está “pegando fogo” literalmente, que são as falsas queimadas que são postadas por artistas que se sentem revoltados com o governo de Bolsonaro e o boicotam, ela também perguntou a respeito dessa atitude de Emanuel Macron, que se importa mais com a Amazônia por ser extremamente rica, do que com o próprio país que governa, a França.

“Nada é por acaso, primeiro me apelidaram ultimamente de capitão motosserra, se pegarmos 100 mil homens para desmatar a Amazônia vou demorar pelo menos 1 século para desmatar tudo, e outra que interesse eu teria de destruir um patrimônio histórico e nossa riqueza do país que eles de fora tanto brigam”? Concluiu indignado.

Bolsonaro também revelou que o financiamento de produções cinematográficas com o dinheiro público não vai mais acontecer para filmes que não tem platéia ou que tenham temas irrelevantes a sociedade no geral. O presidente chegou a revelar que baniu o patrocínio de um filme que abordava um evangélico que vivia dentro da igreja como santo e na rua tinha uma vida promíscua. Bolsonaro falou que o filme não tinha qualquer necessidade de ser exposto a sociedade com o financiamento público.

Depois a apresentadora tentou perguntar sobre a saída do deputado federal, Alexandre Frota, o presidente falou “ eu não gostaria de falar nada desse cidadão, ele para mim é que nem uma mulher divorciada , quando se separa não fala nada de ex” ,afirmou.

 

 

 

 

0 0 vote
Article Rating
Comentários
Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
7
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x