29 C
Palmas
domingo, 17 janeiro, 2021

Globo confirma demissão de Luciano Huck para se candidatar a presidente

Saiba Mais

Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

Globo confirma demissão de Luciano Huck para se candidatar a presidente

Globo confirma demissão de Luciano Huck para se candidatar a presidente. Uma notícia que foi publicada por Tales Faria, jornalista, nesta quinta-feira, no dia 26 de Setembro, no portal UOL, fez com que muitas pessoas fossem pegas de surpresa.

- Advertisement -

Conforme dados extraídos do TV Foco, o que houve foi que ele noticiou que o apresentador Luciano Huck voltou a afirmar, outra vez, que viria como futuro candidato à presidência da República. Ele se encontrou com as lideranças do PSDB, com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, decidindo permanecer com a sua missão de pré-candidato. Ainda segundo as fontes, ele ainda chegou a ser questionado se estava disposto a deixar a sua posição de apresentador da TV Globo a fim de ingressar para a política, e logo ele disse que sim.

Tal encontro se deu, durante um jantar, na sua casa, a qual se situa no Rio de Janeiro. Também estavam presentes Rodrigo Maia, o prefeito de Salvador, os ex-ministros Mendonça Filho e Raul Jungmann, o presidente do Cidadania, o líder do partido na Câmara, Daniel Coelho, e os empresários Leandro Machado, que faz parte do movimento Agora!, e Eduardo Mufaref, que está integrado ao RenovaBR.

+ Alexandre Frota declara guerra contra Pastor Silas Malafaia

Desta forma, se de fato ele venha a se lançar como candidato à presidência da República em 2022, Luciano Huck terá de enfrentar, frente a frente, Jair Bolsonaro. Em seguida, depois de tudo isso envolvendo a sua suposta candidatura, a TV Globo tomou a atitude de se manifestar por meio de uma nota enviada à imprensa, onde afirmou que nunca proibiu o apresentador de se candidatar a presidente do Brasil, e que buscou o mesmo somente para informar que, se realmente isso acontecer, ele não voltar mais para o canal, não importando se vai ganhar ou perder a eleição

“A Globo o procurou para saber se de fato ele concorreria à Presidência e enfatizar que, se assim fosse, teria de se submeter às regras da emissora, segundo as quais a vida político-partidária é incompatível com a permanência nos quadros da Globo, mesmo depois do processo eleitoral”, afirma a nota.

.

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -