Brasil

Bomba! A manda do pastor, irmãs desligam aparelho e mata o irmão

Ambas irão responder por homicídio doloso 

Bomba! A manda do pastor, irmãs desligam aparelho e mata o irmão

Em nome da fé, duas irmãs foram persuadidas a cometerem um crime em Guanambi, na Bahia. Zelita Pereira Neves, de 32 anos e Marliete Pereira Neves, de 43 anos foram presas após retirar aparelho que mantinham o irmão vivo, sem dar o direito do irmão se defender, no hospital Regional  de Guanambi, na Bahia.

Consequentemente, o caso está tendo uma grande repercussão na localidade,nas rede sociais e no mundo gospel.

Dessa forma, Zelita e Marliete vão responder por crime doloso, quando há a intensão de matar.

Curiosamente, Zelita relatou a polícia, que recebeu uma revelação de um pastor, para que saísse do interior de São Paulo para “tomar essa atitude de fé” para salvar o irmão. Crendo na profecia, as irmãs foram até o local e em nome da crença, acabaram matando o irmão Almiro.

Imediatamente, elas retiraram o aparelho, acreditando na profecia que não aconteceu e o irmão delas morreu. A justiça determinou a prisão das irmãs nessa segunda-feira (28/10).

Em suma, Zelita e Marliete chegaram ao hospital na sexta-feira, por volta das 21:30 hs e falaram com um vigilante que estavam alí para troca de acompanhante,  que sempre acontece às 22:00 hs e que iriam fazer uma “oração forte” para o irmão que estava em estado grave.

Em seguida, o corpo de enfermagem veio rapidamente para ver o que estava acontecendo no quarto,pois Almiro dependia de remédios e do tubo de oxigênio que o ajudava respirar, pois estava em estado grave – disse o diretor médico do hospital, Juan Castellanos.

Posteriormente, o diretor disse que as irmãs retiraram o tubo traqueal,o cateter venoso central e o eletrodos de monitoração, levando Almiro a morte.

Assim, o corpo de Almiro foi levado para o Departamento de Polícia técnica de Guanambi. Até o exato momento, não se sabe nada sobre o sepultamento.

Etiquetas

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar