Brasil

Em sínodo da Amazônia Papa Francisco diz: “Deus nos preserve da ganância dos novos colonialismos”

Papa diz que a Amazônio precisa do Fogo do amor

No último domingo (6) o Papa Francisco pronunciou, de forma metafórica, durante uma conferência sobre assunto relacionados à Amazônia que o fogo que queimou as matas, segundo ele “ateado por interesses que destroem”, deveria ser o fogo que queima os corações com o amor de Deus.

A mensagem do evangelho deve ser propagada cada vez mais, pois ainda falta muito amor no coração da humanidade. E a única forma de encontrar esse verdadeiro amor, aquele que transcende todo entendimento e preenche o ser, é por meio do amor de Deus.

O Líder Católico ainda faz menção a uma passagem localizada nas escrituras bíblicas, referente ao Antigo Testamento, encontrada no livro de Êxodo 3. Mais especificamente, na parte onde tem por título “Deus fala com Moisés do meio da sarça ardente” ou em outras traduções “Moisés e a Sarça em Chamas”.

De acordo com o pontífice, “A Igreja não pode de modo algum limitar-se a uma pastoral de “manutenção” para aqueles que já conhecem o Evangelho de Cristo. O ardor missionário é um sinal claro da maturidade de uma comunidade eclesial. Jesus veio trazer à terra, não a brisa da tarde, mas o fogo. O fogo que reacende o dom é o Espírito Santo, doador dos dons.”

O papa completou também dizendo,declarou o Papa. “O fogo ateado por interesses que destroem, como o que devastou recentemente a Amazônia, não é do Evangelho. O fogo de Deus é calor que atrai e congrega em unidade. Alimenta-se com a partilha, não com os lucros.”

Para ele a igreja deve abraçar a causa, que diz respeito a população amazonense, e percorrer todo esse trajeto de reconstrução de forma participativa. O mesmo ainda ressalta que são um povo que “carrega cruzes pesadas” e é chegada a hora de se fazer algo de maneira cautelosa, mas sem oscilação. “Reacender o dom no fogo do Espírito é o oposto de deixar as coisas correrem sem se fazer nada”, abordou.        

Ao concluir o sermão sobre o referente assunto, o Papa relembrou alguns mártires que dedicaram e outros que ainda dedicam sua vida à fé. Entre os citados estavam Dom Cláudio Hummes, Cardeal brasileiro que fez declarações polêmicas a respeito da segurança, envolvendo governantes da Amazônia.  E ressaltou a importante história da irmã Dorothy Stang nessa luta missionária, ela que teve sua vida levada em prol da pregação do evangelho. Inclusive, esse ano foi comemorado o aniversário de falecimento da honrosa irmã Dorothy, completando 14 anos desta perda.

0 0 vote
Article Rating

Dayana Silva

Dayana Silva é uma jornalista que trabalha com celebridades gospel desde 2019 e admira tudo o que envolve o mundo gospel. Está sempre de olho no que acontece nas redes sociais e faz questão de prestar atenção nas polêmicas e novidades para informar você!
Comentários
Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
10
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x