Brasil

Pastor vive como mendigo por um ano e escreve livro chocante para o meio gospel

pastor fez crítica à atuação de ongs e igrejas nas ruas

Uma situação inesperada e experimento social do Pastor Yago Martins viraram livro e chamaram atenção do meio evangélico do país. O livro que foi intitulado A máfia dos mendigos: como a caridade aumenta a miséria. Yago Martins além de pastor, é também apresentador do canal Dois dedos de teologia no youtube.

O pastor conta como lutou para tentar driblar a pobreza nas ruas da capital do Ceará, em Fortaleza. Ele relata também que vivendo como um mendigo,e estando próximo deles, pode perceber como é de fato a atuação das OBGs e Igrejas voltadas para o público.

“Os moradores de rua não são seres que sempre experimentaram circunstâncias extremas e que, por isso, se exilaram: eles já foram o que nós somos hoje; o que falta, muitas vezes, é encontrar quem verdadeiramente os note”, comentou.

Vivendo um ano nessa condição de morador de rua, Yago buscou entender as razões pela qual a ação das igrejas junto a essa população de sem teto,é não ineficaz no Brasil.

“Entendi que a gente precisava era de um tempo ouvindo. A gente precisava de um tempo de escuta, tentando entender o que estava acontecendo aqui [na rua”, disse Yago Martins.

O relato do pastor chamou muita atenção para o que  seria a visão das pessoas contempladas pela ajuda dessas igrejas e ongs,e ,saber, do que realmente se trata.

O pastor faz váras descrições no seu livro e dirige ataques a igreja em sua forma de atuar em meio a essa população.

Um fato parecido chamou atenção recentemente nas redes sociais quando um pastor americano travestiu-se de mendigo e entrou em sua própria igreja. A reação de muitos foi inesperada e o pastor detalhou em sua mensagem como a igreja  trata com descaso os que não tem qualquer utilidade ou representatividade diante dela.

 

0 0 vote
Article Rating
Etiquetas
Comentários
Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Botão Voltar ao topo
7
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Fechar