Brasil

Pastor Abílio Santana vai lutar para que Congresso altere decisão do STF sobre prisão em 2ª instância

O pastor respeita o STF porém discorda

Abílio Santana vai lutar para que Congresso altere decisão do STF sobre prisão em 2ª instância

Abílio Santana vai lutar para que Congresso altere decisão do STF sobre prisão em 2.ª instância. O mundo inteiro viu o ex-presidente Luiz Inácio da Silva (Lula), sair da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, pela porta da frente. Isso porque, o Supremo Tribunal Federal, derrubou a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância.

O pastor e deputado federal Abílio Santana(PL-BA), mais uma vez apareceu na mídia para defender a vontade da maioria dos brasileiros. Segundo o cristão, ele vai lutar junto com a bancada dos evangélicos para que o Congresso altere a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

A princípio, na noite dessa quinta-feira, dia 07/11, por seis votos a cinco, a corte mudou o seu próprio entendimento, que, autorizou prisões em 2016. O “leão da Bahia” como é conhecido, disse que respeita a decisão do Supremo Tribunal Federal, mas vai trabalhar pesado para que s decisão seja mudada.

“Não é uma questão política, é de justiça e segurança. Respeito a decisão do STF, mas como o próprio ministro Toffoli pontuou, o Congresso pode mudar o artigo 283 do Código de Processo Penal. Logo, a bola está com o Congresso e não medirei esforços para que o parlamento reverta essa decisão. Não podemos permitir que bandidos sejam soltos”, avaliou.

Assustadoramente, segundo o deputado, serão quase cinco mil detentos que se beneficiarão com a decisão do Supremo Tribunal Federal.

“Vamos com a força do parlamento fazer valer o que o povo brasileiro quer, criminoso tem que estar preso, seja ex-presidente, ex-deputado, não importa. Por mim, Lula e todos os outros bandidos continuam na prisão”, finalizou.

O polêmico pastor Silas Malafaia fez um vídeo revoltado com a interpretação do STF e disse que isso foi feito apenas para beneficiar o ex-presidente Lula e disse que os ministros do STF não escaparão das justiça divina.

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar