Brasil

Turbante usado por atriz Juliana Paes em novela, é a mais nova polêmica entre evangélicos

Adereço da atriz está dando o que falar.

Turbante usado por atriz Juliana Paes em novela, é a mais nova polêmica entre evangélicos

A personagem interpretada pela atriz Juliana Paes, tem gerado polêmica, principalmente entre os evangélicos mais conservadores.

O uso de acessórios nas novelas é algo muito recorrente, principalmente no cenário feminino. As atrizes estão sempre ditando moda, por meio das personagens, e assim acabam influenciando as telespectadoras a estarem como elas.

No entanto,  protagonista “Maria da Paz”, da novela A Dona do Pedaço, transmitida pela Rede Globo de Televisão tem dividido opiniões de muitas pessoas, tanto no meio secular quanto no evangélico.

Na última sexta-feira (4),  foi publicado um vídeo no YouTube, sobre a postagem feita por Jorge Ubiracy, do Canal Interessante, polemiza.

Tudo aconteceu por conta do conteúdo do referente vídeo. Nele a personagem Maria da Paz faz menção a um nome emblemático, que poderia ser trocado por Pomba-Gira (entidade espiritual da umbanda, que se manifesta incorporada em um médium). Segundo Jorge o acessório caracteriza uma maneira de desvirtuar os cristãos, levando-os para o caminho das trevas.

+ Ateu com câncer terminal decide se entregar a Jesus e deixa internautas emocionados

Referente a isso alguns pastores deram suas opiniões. Dizendo temerem que o povo evangélico seja tomado pelo fanatismo.

– Parece que alguns dos evangélicos têm vocação para ghostbusters (caça-fantasmas), isto porque procuram o diabo em tudo que é lugar. Aliás, assusta-me o fato de que o adversário de nossas almas receba tanta atenção por parte dos cristãos. Em alguns dos cultos evangélicos o diabo é entrevistado, dá dicas espirituais e em alguns casos até prega – disse o pastor Renato Vargens.

– Os valores do Reino de Deus precisam ser resgatados, a Bíblia necessita novamente ocupar a centralidade de nossa fé, e o Evangelho de Cristo pregado com graça, sabedoria e poder. Mais do que nunca é imprescindível que reflitamos à luz da história sobre o significado e importância da Reforma. Acredito piamente que os conceitos pregados pelos reformadores precisam ser resgatados e proclamados a quantos pudermos. Até porque, somente agindo desta forma poderemos sair deste momento preocupante e patológico da igreja evangélica brasileira – concluiu o líder evangélico.

Já William Aragão, influencer cristão conhecido nas mídias sociais, se pronunciou dizendo:

– Chegamos em um tempo em que tudo é do demônio, menos a falta de discernimento! Até quando vocês vão viver achando que tudo que vira moda é do diabo? É do diabo essa mente fraca, esse medo exagerado, essa falta de alicerce bíblico, é do diabo essa sua opinião egoísta, que você se sente no direito de demonizar pelo simples fato de você não usar ou de sua denominação não permitir. Faz favor… O demônio se encontra no indivíduo escravizado que está refém de uma religiosidade que não conheceu o Libertador – intercedeu o influenciador.

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar