Brasil

Alerta! Ex-bruxa revela que música gospel cantadas em cultos são estratégia de Satanás

Ela afirma que isso seria uma estratégia de Satanás para enganar os crentes

Ex-bruxa revela que música gospel cantadas em cultos são estratégia de Satanás
Beth Eckert (Foto: Divulgação)

A ex-bruxa, Beth Eckert, que foi convertida ao evangelho, afirmou que os louvores centrados no homem são uma estratégia de Satanás para enganar os cristãos e afastá-los de Deus.

A bíblia sagrada traz o louvor como um importante instrumento de adoração como em Salmos, 150, que diz: “Louvai-o com o som de trombeta; louvai-o com o saltério e a harpa. Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos. Louvai-o com os címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes. Tudo quanto tem fôlego louve ao Senhor. Louvai ao Senhor”.

+ Silas Malafaia supostamente enfrenta crise financeira e faz postagem que assustou internet

Entretanto, no decorrer do tempo, a música gospel sofreu milhares de influencias. Com isso, as músicas cristãs deixaram de refletir a adoração a Deus e passou a trazer a tona o desejo do homem em servir a si memo.“Eu comecei a reconhecer que havia uma grande batalha dentro da minha adoração. Depois de cerca de dois anos, o louvor se tornou um momento de intensos ataques de bruxaria contra mim. Isso tornou ainda mais difícil a minha tentativa de focar em Jesus, porque os ataques espirituais me deixavam debilitada”, afirmou ela em um testemunho publicado no Youtube, confirmando a fuga do propósito das músicas. Ela conta que não entendia o que estava acontecendo com ela mesma até que notou que estava na verdade prestando culto a outras pessoas como pastores, padres, cantores e não a jesus.

“Não reconhecia nenhum problema durante o louvor. Mas depois de alguns meses, eu percebi que novamente a minha adoração não estava mais focada em Jesus”, afirmou, dizendo em seguida que “a música de adoração moderna tornou-se um disfarce de Satanás para atrair o povo de Deus e alinhá-lo com a adoração profana”. Ela explicou que a idolatria também pode se fazer presente em diversas canções e ambientes, mesmo estando relacionados a uma igreja cristã. “Muitas vezes, o foco do louvor está na música em si, na banda, nas luzes, na fumaça, em toda a produção, nas roupas dos líderes, mas não tem nada a ver com Jesus”, concluiu ela.

Etiquetas
Comentários
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] Ex-bruxa faz revelação que músicas gospel cantadas durante cultos evangélicos são estratégia d… […]

Botão Voltar ao topo
Fechar