Brasil

Pastor evangélico critica líder religioso e político flagrados fazendo sexo.

“imoralidade, vergonha, escândalo”

Pastor evangélico critica líder religioso e político flagrados fazendo sexo

O pastor Flávio Amaral é atualmente conhecido pelo seu testemunho de transformação. Isso porque, após anos como travesti e usuário de drogas,teve um encontro com Jesus e sua vida foi transformada.

Nessa terça-feira(3) postou em seu canal no Youtube, com mais de vinte mil inscritos, um vídeo falando sobre assuntos atuais mais polêmicos no meio gospel. Um deles, foi a Homossexualidade, o que inclui o caso do pastor flagrado em um banheiro público tendo relações com outro homem.

Inicialmente o religioso comentou: “O que vem de gay é só coisa horrível”. Com isso, compartilhou a história de um homem que era membro de sua igreja. Segundo o pastor, mesmo frequentando o templo, praticava pecados. Posteriormente,o rapaz se desviou e assumiu um relacionamento sério com outro homem, alegando que Deus havia dado o companheiro de presente.

Desta forma, o pastor disse que o “Deus” desse rapaz seria, na verdade, o diabo. Consequentemente, acabou deixando claro a sua oposição à pessoas que acreditam em um Deus que aceita o pecado e descarta o arrependimento.

“Deus não é um Deus que passa a mão na sua cabeça e diz eu te amo, pode continuar no seu pecado que está tudo bem […] você peca até o fim da vida porque você já foi salvo pela graça […]. Este é o Deus desse século, o diabo, que aceita você do jeito que você é, faz o que você quiser e vive do jeito que você quiser, esse é o Deus do inferno”, afirmou.

Por fim, comentou sobre o ocorrido com o ex candidato a vereador e um pastor, flagrados fazendo sexo no terminal Rodoviário de Cuiabá(MT), afirmando ser um ato de “imoralidade, vergonha, escândalo”.

Assista com detalhes:

 

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar