Brasil

Quadrilha que se diz de Jesus ameaça outras religiões brasileiras

"Ninguém aqui quer saber de macumba", afirmou um agressor.

Quadrilha que se diz de Jesus ameaça outras religiões brasileiras

De modo geral, todos sabem que o Brasil é a maior nação cristã do mundo. Assim, cerca de 60% da população é evangélica.

No entanto, algumas pessoas usam do nome de Jesus para praticarem ações ruins e prejudicar o próximo.

Dessa forma, foi o que aconteceu recentemente em Duque de Caxias (RJ), em que uma quadrilha chamada “Bonde de Jesus” tomou posse do local Parque Paulista.

Segundo o site “Folha de São Paulo”, o candomblecista Marcos Figueiredo foi abordado a noite por esse homens com três armas apontadas para ele. Assim, o obrigaram a fechar seu terreiro.

“Ninguém aqui quer saber de macumba”, afirmou um agressor.

“Você tem uma semana para acabar com isso aqui”, dizia.

Dessa forma, infelizmente atos como esse tem se tornado comum atualmente. Pois, no contexto, o Rio de Janeiro e o país são governados por cristãos, sendo fácil então a disseminação do evangelho.

Dessa maneira, as influencias são enormes, desde a livros a pregações que diretamente afirmam que que as religiões afro são do “demônio”. Contudo, se acredita ou não, atitudes como essa não devem ser apropriadas.

Logo, vários cristãos se assustam com essas atitudes, assim como o missionário americano David Bledsoe que afirmou que condenaria essas ações.

“Quando vejo esses terreiros, rezo contra eles, porque há uma influência demoníaca em ação ali”, afirmou David.

“Mas eu condenaria esses atos”, acrescentou o missionário.

Além disso, outro caso aconteceu há dois anos, segundo o “Folha de São Paulo”. Assim, uma sacerdotista foi feita de refém e obrigada a destruir seus objetos religiosos.

“Todo mal precisa ser desfeito em nome de Jesus”, dizia o agressor.

Contudo, mesmo passado esse episódio, ela ainda sofre com o medo das perseguições, tem medo de sair a rua e ouve vozes de provocações

 

Etiquetas
Comentários

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Botão Voltar ao topo
Fechar