EvangelismoEventosMundoPastor

Max Lucado partipa de evento antiracismo

" Jesus faz o que o homem não faz"

O reconhecido autor Cristão Marcos Lucado divulgou em sua página do Facebook, para postar vídeos de uma vigília de oração no Travis Park em San Antonio, com centenas de pessoas.

A vigília foi no Texas na noite de quarta, em resposta ao assassinato de George Floyd, uma afro-descendente, morto por asfixia por policiais.

Max, que também é pastor, falou sobre o momento da vigília e de sua participação.

“ eu realmente gostaria que você estivesse aqui conosco adorando Jesus em Santo Antônio”, falou enquanto os presentes adoravam e louvavam a Deus.

O local da vigília foi o mesmo palco do protesto contra o racismo imparcialidade nas ações policiais, quando há um negro envolvido.

O evento foi organizado pela Igreja Bíblica Comunitária de San Antonio – uma das maiores congregações da cidade homônima – com apoio de outras igrejas da região, e incentivou aos participantes a “exercerem um alto nível de cautela”, já as preocupações relacionadas ao COVID-19 persistem.

A ministração foi em João 6, contando o milagre da multiplicação, dizendo que “ o que o homem não faz Jesus faz!”.

Max, falou um pouco sobre a atitude de Felipe e os discípulos perante a uma multidão com fome.

“Onde Jesus está, aqueles que estão traumatizados encontram esperança, encontram um novo começo, encontram um novo começo. Onde Jesus está, toda pessoa é valorizada, o Evangelho é declarado”, continuou.

No final, Max Lucado ainda enfatizou que “o que não podemos fazer, Cristo faz”, ligando a imagem dos discípulos  com a “imagem dos momentos da vida em que tentamos resolver nossos problemas sem Cristo”.

“São problemas sérios que enfrentamos. Eles são extremamente difíceis. Você sente que está enfrentando cinco mil desafios? Antes de contar seu dinheiro, antes de se contar e antes de contar sua quantidade escassa de peixe e pão, posso pedir para contar com Cristo?”, perguntou.

Praying in downtown San Antonio.

Publiée par Max Lucado sur Mercredi 3 juin 2020

Fonte: Gospel +

Etiquetas
Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar