Como um homem segundo o coração de Deus caiu tanto no pecado?

Saiba Mais

Revelação sobre o fim da internet está deixando internautas desesperados

Revelação sobre o fim da internet está abalando o mundo. Um pastor da Igreja Assembleia de Deus  Belém do...

2021 ano de profecias! Revelação para Brasil, deixa Igrejas evangélicas em alerta

Alerta urgente para todos pastores do Brasil e do Mundo, O pastor João de Sousa usou a rede social...

Quem é a Cantora gospel entrou em falência e volta a morar com a mãe

Em tempos de pandemia não tá fácil pra ninguém. Agora que muitos cantores do meio gospel não tem mais...

Cantora evangélica polemiza na internet: “viciada no meu macho”

E o clima é só Love lá pelas bandas de Niterói, no Rio. A cantora Mariana Valadão fez uma...
Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

Um dos personagens mais populares da Bíblia para estudar (especialmente para crianças) é o rei do Velho Testamento chamado Davi. Sua história tem de tudo: aventura, drama, escândalo, crime e ação.

Somos inspirados por como Deus moveu Davi de humilde pastor a Rei de Israel (2 Samuel 7: 8), por sua pontaria impossível com uma funda contra Golias (1 Samuel 17) e por seu grupo de heróis conhecido como “ Homens poderosos ”- isso soa como a Liga da Justiça ou Vingadores original (1 Crônicas 11).

- Advertisement -

Davi é descrito como um homem de fé (Hebreus 11), um homem “segundo o coração de Deus” (1 Samuel 13) e ancestral do próprio Jesus (Lucas 1:32). Davi foi um dos maiores homens das Escrituras.

Além disso, não podemos esquecer que sua vida foi a história por trás do “musical” na Bíblia conhecido como O Livro dos Salmos. Por exemplo, Davi escreveu esta canção que adora a Deus por sua força e intervenção depois que ele o libertou das mãos assassinas de Saul:

O Senhor é minha rocha e minha fortaleza e meu libertador, meu Deus, minha rocha, em quem me refugio, meu escudo, e o chifre da minha salvação, minha fortaleza (Salmo 18: 2, ESV).

Davi descreve ainda as ações soberanas de Deus como “balançando e balançando” a terra, disparando “fogo” e “trovejando” nos céus. Em seguida, no Salmo 18-19, ele confessa que é irrepreensível, puro, justo e perfeito diante de Deus, que o recompensou por sua “limpeza”, por manter os “caminhos do Senhor” e não “se afastar perversamente” de Deus .

Mas algo aconteceu depois desses Salmos que o levou a gritar penitentemente:

Tem misericórdia de mim, ó Deus, de acordo com o teu amor constante; de acordo com a tua abundante misericórdia, apaga as minhas transgressões. Lava-me completamente da minha iniqüidade e purifica-me do meu pecado … Contra ti, somente contra ti, pequei e fiz o que é mau aos teus olhos (Salmo 51: 1-5).

O que aconteceu para mudar o tom de David tão drasticamente? Os tradutores da Bíblia nos ajudam aqui com um pequeno subtítulo para o Salmo 51 que diz: “Um salmo de Davi. Quando o profeta Natã foi até ele depois que Davi cometeu adultério com Bate-Seba. ”

Esta parte da história do Rei Davi é frequentemente deixada de fora dos livros de colorir infantis e minimizada em suas histórias (como no Os VegeTais episódio intitulado “King George and the Ducky) por causa de como é desconfortável.

Resumindo, lemos em 2 Samuel 11 que Davi cobiçou a esposa de outro homem, usou sua autoridade para trazê-la a ele, essencialmente a estuprou, tentou esconder seu pecado e então tomou Bate-Seba para ser outra de suas próprias esposas depois de ele arranjou a morte de seu marido. Para uma vida que começou de forma tão honrosa, a história de David se transformou em um conto triste.

Mas por que? Como Davi, um homem segundo o coração de Deus, caiu tanto no pecado? Em meu estudo, descobri os três fatores a seguir que levaram à sua queda pecaminosa.

1. David já não teve que lutar

Até este ponto, David lutou por muitas dificuldades na vida. Por ser um jovem de tamanho inferior e negligenciado, ele trabalhou com ovelhas obstinadas, lutou contra animais selvagens, enfrentou o gigante Golias, lutou contra os perversos filisteus e regularmente escapava do ciumento Rei Saul.

Mesmo quando Davi se tornou rei, ele ainda teve que tomar decisões difíceis e lutar em batalhas. Mas depois que Deus não permitiu que ele construísse seu templo e muitos de seus inimigos foram conquistados, Davi pareceu se estabelecer em uma vida de sucesso.

Ele tinha um reino, esposas, servos e a autoridade que vinha com tudo isso. Ele estava no topo, a vida era fácil e ele podia ir a qualquer lugar e fazer o que quisesse (e ele fez).

Meu pai uma vez me disse que Alexandre, o Grande, contratou um conselheiro para segui-lo e sussurrar em seu ouvido: “Você é mortal. Você é apenas um homem. ” Ele fez isso para lembrar Alexandre de sua fraqueza e para impedi-lo de pensar que ele era um “deus” entre os homens. Embora essa história seja provavelmente apócrifa, ela ilustra como é fácil relaxar em nossos sucessos e realizações, o que leva a decisões erradas.

A luta nos mantém fortes.

2. David escolheu ficar sozinho

Davi não estava apenas vivendo no luxo de sua posição – ele estava sozinho. Há um velho ditado que diz: “É solitário no topo”. Não tem que ser assim, mas David escolheu ficar sozinho. Mesmo que outros reis estivessem na batalha, ele permaneceu em Jerusalém. Enquanto seus homens poderosos (incluindo Urias, o marido de Bate-Seba, e Eliam, seu pai) estavam lutando, Davi estava em seu palácio perto de suas vulneráveis ​​esposas e filhas.

Não foi por acaso que David não tinha ninguém por perto para saber o que ele estava fazendo ou para mantê-lo responsável. Por que ele deveria? Ele era o rei! Mas sozinho nas sombras foi onde ele tomou as decisões que destruíram sua vida. Claro, Deus viu o que Davi fez e enviou Natã para chamá-lo, mas isso não foi até que um grande dano já tivesse acontecido.

3. David planejado para falhar

Embora eu duvide que Davi tenha elaborado um esquema elaborado para seu pecado, como um plano de batalha, fica claro no texto que não foi apenas um momento fugaz de fraqueza ou um “crime passional”. Ele planejou falhar. Ou pelo menos ele não planejou ter sucesso – e uma falha no planejamento é um plano para o fracasso.

Davi estava sozinho em um momento e lugar que não deveria estar, ele não estava buscando a vontade de Deus e perdeu o foco na batalha em curso. Por causa disso, quando ele subiu em seu telhado e viu Bate-Seba se banhando, ele “… enviou e perguntou sobre a mulher” (2 Samuel 11: 2, ESV).

Depois que ele descobriu que ela era a esposa de um de seus homens mais confiáveis, ele fez escolhas conscientes para entreter pensamentos impuros, levá-la para seu quarto e seguir em frente com seus desejos.

Este não foi um caso de amor cúmplice, foi um rei abusando de sua autoridade em um momento em que ele não seria pego e as consequências pareciam improváveis ​​de usar uma mulher casada para seu prazer pecaminoso e depois descartá-la em privado. Davi sabia o que estava fazendo e era “mau aos olhos do Senhor” (2 Samuel 11:27).

Felizmente, Davi reconheceu o que havia feito depois que o profeta Natã o repreendeu astutamente (2 Samuel 12), o que o levou ao arrependimento por seu orgulho, adultério e assassinato (como vimos no Salmo 51). Deus até continuou a usar ele e seus descendentes para sua glória.

No entanto, David ainda teve que lidar com as repercussões do medo, luta, decepção, morte e muito mais. Se você acha que seria desconfortável falar sobre os eventos até agora, isso só vai piorar!

Mas a realidade assustadora é que a maldade em que Davi caiu pode acontecer com qualquer pessoa. Você não precisa rolar muito em seu feed de notícias para encontrar histórias de políticos, líderes e até mesmo pastores que se entregaram ao pecado destrutivo. E isso acontece hoje pelas mesmas razões que aconteceu com David.

O que isto significa?

Por causa de nossa natureza pecaminosa, a santidade não é automática, a pureza exige trabalho e a vitória nunca vem por acidente. Portanto, para proteger nossas vidas contra o pecado, devemos manter a perspectiva correta sobre quem somos, continuar lutando contra nossa natureza decaída e não ser complacentes em nossos sucessos. Devemos saturar nossas mentes com a Palavra de Deus e convidar as pessoas a nos responsabilizarem e nos encorajar a fazer boas obras.

Devemos colocar em prática planos práticos para manter nossas mentes, corações e corpos puros com oração e leitura da Bíblia, dando aos outros acesso às nossas vidas, usando filtros e software como o Covenant Eyes em nossos dispositivos, agendando pontos de verificação com um parceiro de responsabilidade e colocando levantar barreiras para limitar nossa exposição ao que mais nos tenta.

Estamos em uma batalha por nossas almas, e Deus deseja que vivamos vitoriosamente. É por isso que vemos verdades úteis nas Escrituras, como estas palavras de Paulo ao jovem Timóteo:

… se alguém se purificar do que é desonroso, será um vaso para uso honroso, separado como santo, útil ao dono da casa, pronto para toda boa obra. Portanto, fuja das paixões da juventude e busque a retidão, a fé, o amor e a paz, junto com aqueles que invocam o Senhor com um coração puro (2 Timóteo 2: 21-23, ESV).

Que possamos levar a sério as instruções que Paulo deu aos romanos:

… apresentem-se a Deus como vivos dentre os mortos, e seus membros como instrumentos de justiça a Deus (Romanos 6:13, ESV).

Crédito da foto: © iStock / Getty Images Plus / Maudib


Robert Hampshire é pastor, professor, escritor e líder. Ele é casado com Rebecca desde 2008 e tem três filhos, Brooklyn, Bryson e Abram. Robert frequentou a North Greenville University na Carolina do Sul para sua graduação e a Liberty University na Virgínia para seu mestrado. Ele serviu em uma variedade de funções como pastor de louvor, pastor de jovens, pastor de família e, mais recentemente, como pastor líder e plantador da Igreja da Vila em Churchville, Virginia. Ele promove seu ministério por meio de seu blog, Faithful Thinking. O objetivo de sua vida é servir a Deus e à Sua Igreja alcançando os perdidos com o Evangelho, fazendo discípulos devotados, equipando e capacitando outros para irem mais longe em sua fé e chamado, e liderando uma cultura de multiplicação para a glória de Deus. Descubra mais sobre ele aqui.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Últimas

Revelação sobre o fim da internet está deixando internautas desesperados

Revelação sobre o fim da internet está abalando o mundo. Um pastor da Igreja Assembleia de Deus  Belém do...
- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.