O bastão de doces tem um significado espiritual?

Saiba Mais

Ludmila Feber aparece nas Redes Socias e anuncia novo tratamento contra o câncer

  A cantora e Pastora Ludmila Feber, impressionou seus seguidores neste domingo 24/01 após aparecer e anunciar no seu perfil...

Pastor acaba de morrer durante culto após dizer que Deus é bom

Pastor acaba de morrer após dizer Deus é bom  e o caso acabou de acontecer na igreja Aviva senhor...

Pastor é acusado de mandar vídeo com cenas obscenas para garota

Segundo o site Conttei, um Pastor da igreja Batista Getsemâni que tem como Presidente Jorge Linhares, supostamente teve um...

Papa diz a Biden que ora a Deus para guiar a reconciliação nos EUA

O Papa Francisco disse ao presidente dos Estados Unidos Joe Biden que estava orando para que Deus guiasse seus...
Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

As bengalas doces tornaram-se um produto básico nas famílias, tanto cristãs como não cristãs, para o Natal.

Podemos ter visto livros infantis descrevendo o simbolismo por trás da bengala de doces e como ela se relaciona com o Natal ou ouvido um ou dois sermões infantis sobre a natureza tortuosa dos doces.

- Advertisement -

Obviamente, os pastores em Lucas 2 não trouxeram doces em forma de J para Jesus. Então, o doce em si tem um significado espiritual?

Os criadores do doce de cana queriam apenas ganhar dinheiro, e os cristãos encontraram uma maneira de cristianizar o significado do doce, semelhante ao que fazemos com a mídia secular e na história com os feriados pagãos? Ou o doce sempre teve uma história cristã?

Neste artigo, vamos mergulhar na história da bengala para descobrir onde o simbolismo cristão para esse doce entrou na mistura.

A história do bastão de doces

Os bastões de doces apareceram em 1670. De acordo com a história dos doces, “diz a lenda que, em 1670, o doce em forma de cana se tornou histórico quando um mestre do coro da Catedral de Colônia, na Alemanha, transformou os bastões de açúcar em canas para que parecessem ganchos de pastor”.

No entanto, a maioria dos historiadores diz que qualquer lenda que ligue o bastão de doces ao cristianismo provavelmente não tem prova suficiente para ser substancial além de um mero conto de esposas.

Outro relato os coloca no século XIX em termos de origem, mostrando que o doce começou originalmente como um bastão reto sem listras, e a curva e as listras vermelhas vieram depois.

Parece que o doce inerentemente não tem um significado espiritual por trás dele. Mas, semelhante a muitas tradições de Natal (e outras festas), os cristãos podem encontrar uma maneira de entrelaçar mensagens bíblicas em objetos comuns.

Afinal, Jesus fez isso em suas parábolas. Ele encontrou maneiras de traçar paralelos com o céu e outros conceitos espirituais difíceis de entender, comparando-os com coisas do dia a dia, como campos ou trabalhadores.

Simbolismo do Candy Cane

Embora uma bengala de doce provavelmente não tenha um significado cristão intencional, o que, então, os cristãos determinaram que o doce simbolizasse?

Primeiro, vamos dar uma olhada no formato de J do doce. Como mencionado antes, muitas pessoas associam o estilo cajado ao cajado do pastor. Os pastores que apareceram no presépio provavelmente tinham cajados de formato semelhante.

Mesmo que carregassem bastões retos e verticais, a maioria das crianças, da mídia bíblica infantil, se lembrará dos pastores com um bordão torto. E, claro, se virarmos o doce, ele formará um “J”, nos lembrando de Jesus.

Agora, vamos mergulhar nas três cores principais do doce.

1. O branco na Bíblia normalmente simboliza pureza. Isso pode ser a pureza de Maria sendo virgem, ou a pureza de Jesus, imaculada pelo pecado, dependendo de qual cristão você perguntar.

2. O vermelho, como muitos de nós podemos imaginar, simboliza o sangue de Jesus que ele derramou por nós na cruz. O vermelho tende a representar isso uniformemente no cristianismo. O sangue de Jesus desempenha um papel importante na religião.

3. Finalmente, temos o verde opcional que aparece em alguns bastões de doces, e não em outros. Os cristãos parecem discutir um pouco sobre o que o verde significa.

Alguns dizem que representa o hissopo, uma planta amplamente usada no Antigo Testamento, especialmente para a Páscoa (Êxodo 12). Com o hissopo, os israelitas espalharam sangue nas ombreiras das portas e evitaram a morte do primogênito. O hissopo também tinha propriedades de limpeza, como podemos ter descoberto nos hinos que cantávamos quando era criança.

Outros dizem que o verde significa novo crescimento em Cristo, já que o verde normalmente está associado ao crescimento, especialmente em ferramentas de evangelismo como o Livro Sem Palavras.

Talvez os fabricantes de doces tenham pretendido esses símbolos, talvez não. Não importa qual seja o caso, podemos olhar para os bastões de doces e lembrar o nascimento e a morte de Jesus.

Por que isso é importante?

Devemos analisar constantemente por que fazemos e temos certas tradições de férias. Por que temos árvores de Natal e azevinho quando ambos têm origens pagãs? E podemos redimir aqueles para terem um significado cristão, e isso está certo?

Os cristãos têm lutado com essas questões quando se trata de feriados como o Dia dos Namorados, Halloween e Natal, todos eles confusos com feriados e tradições pagãs.

Mas através do exemplo da bengala-doce, podemos ver algo que pode ou não ter origens cristãs, mas pode ter um significado espiritual. Pode nos lembrar da verdade das Escrituras e o verdadeiro motivo da temporada.

Crédito da foto: © iStock / Getty Images Plus / tab1962


foto da autora Hope BolingerHope Bolinger é editor da Crosswalk.com, agente literário da CYLE e graduado pelo programa de redação profissional da Taylor University. Mais de 1.000 de seus trabalhos foram apresentados em várias publicações, desde Writer’s Digest para Chaves para crianças. Ela trabalhou para várias editoras, revistas, jornais e agências literárias e editou o trabalho de autores como Jerry B. Jenkins e Michelle Medlock Adams. Sua trilogia Daniel dos dias modernos lançou seus primeiros dois episódios com IlluminateYA, e o último, Visão, lançado em agosto de 2021. Ela também é co-autora do Querido herói duology, que foi publicado pela INtense Publications. E seu romance adulto inspirador, Picture Imperfect, será lançado em outubro de 2021. Descubra mais sobre ela em seu site.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Últimas

Ludmila Feber aparece nas Redes Socias e anuncia novo tratamento contra o câncer

  A cantora e Pastora Ludmila Feber, impressionou seus seguidores neste domingo 24/01 após aparecer e anunciar no seu perfil...
- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.