O que significa ser um cristão temente a Deus?

Saiba Mais

Pastor acaba de morrer durante culto após dizer que Deus é bom

Pastor acaba de morrer após dizer Deus é bom  e o caso acabou de acontecer na igreja Aviva senhor...

Pastor é acusado de mandar vídeo com cenas obscenas para garota

Segundo o site Conttei, um Pastor da igreja Batista Getsemâni que tem como Presidente Jorge Linhares, supostamente teve um...

Papa diz a Biden que ora a Deus para guiar a reconciliação nos EUA

O Papa Francisco disse ao presidente dos Estados Unidos Joe Biden que estava orando para que Deus guiasse seus...

Criança de 4 anos morre após pedir para Deus que queria ir para o céu

A polícia se deslocou para o endereço pouco depois das 11h da quarta-feira e relatou ter encontrado a menina...
Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

Provérbios 1: 7 nos ajuda a entender quem é Deus e a necessidade de desenvolver um temor reverencial Dele, pois, sem Ele, não podemos ter sabedoria bíblica.

- Advertisement -

A sabedoria bíblica vem apenas da compreensão de quem é Deus e que Ele é justo, santo e justo (Deuteronômio 10: 12,20-21).

O temor do Senhor é a base para o povo de Deus andar em Seus caminhos e servi-Lo em toda a vida.

O propósito do temor de Deus

A ideia de temer ao Senhor vai além de meramente respeitar a Deus e inclui o entendimento cristão de quanto o Senhor odeia o pecado e teme Seu julgamento pelo pecado. Hebreus 12: 5-11 descreve a disciplina de Deus na vida do filho de Deus.

Embora este seja um amor (Hebreus 12: 6), ainda é uma coisa terrível. Quando crianças, o medo da disciplina de nossos pais impediu muitas ações consequentes.

A mesma abordagem deve ser verdadeira em nosso relacionamento com o Senhor; devemos temer a disciplina de Deus e buscar viver nossas vidas diante de Sua face de uma forma que O honre.

Com isso dito, os cristãos não devem ter medo do Senhor. O Senhor prometeu que nada pode separar o cristão do amor de Deus (Romanos 8: 38-39).

Os cristãos têm a preciosa promessa de Deus de que o Senhor nunca deixará nem abandonará Seu povo (Hebreus 13: 5). Temer a Deus significa respeitar, obedecer, submeter-se à disciplina de Deus e adorá-Lo com temor.

Dois tipos de medo bíblico

A Bíblia fala de dois tipos de medo. O primeiro tipo de medo é benéfico, enquanto o segundo é prejudicial e deve ser superado. Todo cristão deve temer ao Senhor, o que não significa ter medo do Senhor, mas, como já vimos, temer a glória e o poder de Deus.

Esse medo também tem o devido respeito pela raiva e ira de Deus. O temor do Senhor é um reconhecimento do caráter revelado de Deus, que vem por meio do conhecimento do Senhor e de Seus atributos.

Temer ao Senhor traz muitos benefícios e bênçãos. A base para esses benefícios e bênçãos começa com sabedoria e leva a um bom entendimento de Deus (Salmo 111: 10). Somente os tolos desprezam a disciplina e a sabedoria (Provérbios 1: 7).

O temor do Senhor também leva ao contentamento, vida, paz e descanso (Provérbios 19:23). O temor do Senhor é a fonte e a vida (Provérbios 14:27) e fornece segurança e proteção para o povo de Deus.

O segundo tipo de medo é o espírito de medo mencionado em 2 Timóteo 1: 7. O espírito de temor e timidez não vem de Deus. Às vezes temos medo, e esse medo supera as pessoas. A maneira de resolver esse medo é amar o Senhor e confiar nEle.

1 João 4:18 diz: “Não há medo no amor, mas o amor perfeito lança fora o medo. Pois o medo tem a ver com o castigo, e quem teme não foi aperfeiçoado no amor. ” Ninguém é perfeito, e o Senhor vê e conhece nossos corações, e é por isso que precisamos pregar a verdade das Escrituras em nossos corações até crermos nela. Isaías 41:10 diz:

Não temas, pois estou contigo; não desanime, porque eu sou o seu Deus; Eu vou te fortalecer, eu vou te ajudar, eu vou te sustentar com minha destra.

Podemos temer o futuro e o que será de nós, mas Jesus lembra Seus discípulos em Mateus 10:31: “Não temais; você tem mais valor do que muitos pardais. ” O Senhor diz às pessoas que não tenham medo de ficar sozinhas, de serem fracas, de não serem ouvidas e de não terem as necessidades.

Esses encorajamentos continuam ao longo das Escrituras, abordando muitos aspectos diferentes do espírito de medo.

No Salmo 56:11, está escrito: “Em Deus confio; Eu não terei medo. O que o homem pode fazer comigo? ” Salmo 56:11 é um testemunho incrível do poder de confiar no Senhor, pois o escritor ajuda os leitores a confiar no Senhor porque ele conhece e entende o poder de Deus.

A chave para superar o medo é confiar no Senhor, porque confiar no Senhor é a recusa de ceder ao medo. Confiar no Senhor é voltar-se para o Senhor mesmo nos momentos mais difíceis e confiar que Ele fará tudo certo.

Essa confiança vem de conhecer o Senhor e saber que Ele é bom. Jó passou por muitas provações e, ainda assim, em Jó 13:15, ele diz: “Ainda que ele me mate, esperarei nele; ainda assim, vou discutir meus caminhos na cara dele. ”

À medida que aprendermos a confiar no Senhor, nosso medo diminuirá quando as coisas vierem contra nós, sabendo que Ele está conosco em todas as facetas de nossa vida.

Temendo ao Senhor e crescendo na graça

Provérbios 9:10 nos ajuda a entender que tal medo, de acordo com Salomão, não é uma barreira para o crescimento, mas o caminho para o crescimento no Senhor e a realização eterna. Salomão não está falando do tipo de medo que se esquiva do Senhor e se afasta Dele.

Esse medo é pagão, não cristão, pois não tem nada a ver com desfrutar e glorificar a Deus. O evangelho não nos mostra como ficar ressentidos e desconfiar do Senhor e não cria esse tipo de medo em nossos corações.

Em vez disso, o evangelho mostra aos pecadores a glória da graça de Deus e nos levanta para enfrentar a vida com ousadia como homens e mulheres de Deus em Cristo.

Algo importante que precisa ser dito aqui é que, se você não está em Cristo, teme ao Senhor de todas as maneiras erradas. Hebreus 10:27 diz que você está enfrentando “uma terrível expectativa de julgamento e uma fúria de fogo que consumirá os adversários”.

Se você não está em Cristo, você é um inimigo de Deus e está sob julgamento e merece a condenação eterna. Mesmo assim, o Senhor Jesus está oferecendo gratuitamente a você não apenas abrigo do julgamento divino, mas também a salvação Nele.

O outro lado do medo é que é o começo da sabedoria, como diz Provérbios 9:10. A atitude transmitida aqui, por Salomão, é de abertura criada pelo amor de Deus. Se você está no Senhor Jesus, Seu amor perfeito expulsou seu medo do julgamento (1 João 4: 18-19).

A punição por nosso pecado caiu sobre nosso substituto, Jesus, na cruz. Agora, em Cristo, estamos sob o amor de Deus, pois o evangelho nos liberta do medo de que Deus nos condene no final de qualquer maneira. No entanto, Paulo diz em Romanos 8: 31-39 que nada jamais separará os cristãos do amor de Deus em Cristo Jesus.

Cristãos e o temor de Deus

Os cristãos temem o Senhor de uma maneira nova e dinâmica. Tememos poder entristecer o Senhor Jesus que nos ama tanto, mas esse medo é salutar porque nos ensina a humildade (Provérbios 15:33).

Esse medo é a abertura total à vontade de Deus (Gênesis 22:12) e o afastamento do pecado para o Senhor em arrependimento (Jó 28:28). Esse arrependimento se traduz em obediência prática à vontade revelada de Deus na Palavra de Deus.

O temor do Senhor traz consigo um novo senso de realidade com o Deus vivo (Atos 2:43; 5:11; 19:17), resgatando os cristãos de uma fé meramente intelectual para uma comunhão doce, íntima e permanente com o Senhor.

Se pensarmos que podemos viver um único dia de nossas vidas sem permanecer humildes diante do Senhor, sem nos rendermos à Sua sabedoria superior na Palavra e confiarmos em Sua provisão infinita a cada momento, estaremos nos enganando.

Assim que aceitamos que não somos suficientes, nem que precisamos ter tudo junto, nem que sejamos doadores, mas sim destinatários dessa sabedoria em Jesus, a boa notícia é que temos. O universo pertence a Jesus, pois todas as coisas são dele e pertencem a ele.

Isso libera o povo de Deus para embarcar em uma nova e maravilhosa jornada de mudança e crescimento. O Senhor é o início dessa sabedoria e a própria definição nela de como um cristão temente a Deus se parece e como ele deve viver, tudo diante da face de Deus e para Sua glória.

Crédito da foto: © iStock / Getty Images Plus / solarseven


Dave Jenkins é o Diretor Executivo da Servants of Grace Ministries, o Editor Executivo da Revista Teologia para a Vida, e o Host do Equipando você no Grace Podcast e Podcast dos guerreiros da graça. Ele recebeu seu MAR e M.Div. através do Liberty Baptist Theological Seminary. Você pode segui-lo no Twitter em @davejjenkins, encontre-o no Facebook em Dave Jenkins SOG, Instagram, leia mais de seus escritos em Servos da graça, ou assine para receber seu boletim informativo. Quando Dave não está ocupado com o ministério, ele adora passar tempo com sua esposa, Sarah, lendo as últimas notícias de editores cristãos, os Reformadores e os Puritanos, jogando golfe, assistindo filmes, esportes e passando tempo com sua família.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Últimas

Pastor acaba de morrer durante culto após dizer que Deus é bom

Pastor acaba de morrer após dizer Deus é bom  e o caso acabou de acontecer na igreja Aviva senhor...
- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Open chat
Envie seu conteúdo agora!
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel.