25 C
Palmas
sábado, 16 janeiro, 2021

Qual é a definição bíblica de casamento?

Saiba Mais

Cantora gospel morre em altar louvando a Deus com Hino

A notícia da morte da cantora deixou a igreja Assembléia de Deus, pegou todos de surpresa no final do...

Profecias revela algo assustador em 2021, Profeta afirma “Muitos vão morrer de COVID-19”

Mais uma profecia chocou mundo gospel nesta semana. Muitas pessoas nas redes Sociais compartilharam um vídeo de uma profecia...

Pastor evangélico é investigado por abusar de mulher dentro de igreja

O pastor da Igreja Assembléia de Deus em Belém é acusado por abusar sexu@lmente de uma mulher que seria...

Pastor evangélico é acusado de viver triângulo amoroso com esposa e ovelha

Estamos vivendo o fim dos tempos mesmo, desta vez uma história que vai chocar o mundo gospel. O pastor...
Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

É engraçado como nossa percepção das coisas muda com o tempo. Por exemplo, quando criança, eu pensava que o casamento se tratava dessa coisa misteriosa chamada “amor”. Amor era um substantivo, e se você o tinha ou não, dependia de você ter marcado “sim” ou “não”.

Quando adolescente, eu achava que o casamento era a maneira como você tinha filhos – o próximo passo inevitável na vida adulta (mas descobri que isso envolve mais do que apenas casamento!). No colégio, eu pensava que o casamento era sobre a emoção do amor – a poesia, as canções de amor, os sentimentos afetuosos e confusos.

- Advertisement -

Então, na faculdade, pensei que casamento era serviço e ação – amor era um verbo. Agora que minha esposa, Rebecca, e eu estamos casados ​​há 12 anos, descobri que casamento é tudo isso (ou ainda mais se considerarmos o que os gregos antigos tinham a dizer sobre isso)!

Muitos de nós temos idéias diferentes sobre o que é o casamento. Se você é casado há algum tempo, provavelmente já descobriu que você e seu cônjuge têm ideias diferentes – o que provavelmente levou a mais do que algumas “discussões”.

O significado e propósito do casamento

Há também uma confusão crescente em nossa cultura sobre o significado e o propósito do casamento. Por exemplo, aqui estão algumas mentiras que a cultura ao nosso redor diz sobre o casamento:

  • O casamento é um antigo costume social, criado por humanos.
  • Se eu escolher o parceiro certo, terei menos problemas.
  • Optar por não se casar evitará problemas de relacionamento.
  • Meu casamento ou meu cônjuge devem me fazer feliz.
  • O divórcio às vezes é a única opção.

Infelizmente, a confusão e os mal-entendidos sobre o casamento desvendaram a bela trama do que Deus teceu juntos e distorceram a alegre harmonia e o ambiente amoroso e submisso que Deus planejou que o casamento fosse.

Mas, se formos honestos, mesmo aqueles de nós que têm uma visão mais “tradicional” também estão tentando superar a confusão dos relacionamentos. Por causa dessas coisas, muitos de nós sabemos bem o que é o casamento não… Mas o que é isso? Ou mais do que isso, qual é a definição bíblica de casamento?

Embora possamos olhar para muitas passagens nas Escrituras para responder a esta pergunta, iremos para o Livro de Gênesis para ver este entendimento simples: Deus nos deu o casamento para desfrutar e exibir o evangelho.

No início, Deus formou o primeiro homem, Adão, do pó e o colocou sobre o Jardim do Éden. Mas logo, Deus declarou que “não é bom que o homem esteja só; Eu farei para ele um ajudador adequado para ele ”(Gênesis 2:18, ESV). Adão precisava de Eva e a natureza da humanidade precisava de mulheres.

Então, para atender a sua necessidade, Deus fez com que Adão adormecesse para que ele pudesse realizar a primeira cirurgia registrada ao tirar uma costela do lado de Adão e criar uma mulher com ela (“mulher” significa “do homem”). Deus não fez Eva da cabeça de Adão para ficar acima dele ou de seus pés para ficar abaixo dele; ele a fez da costela de Adam para estar ao lado dele e com ele.

Então Deus dá início a um evento significativo que acabaria por se tornar conhecido como “casamento” quando ele declara: “Portanto, o homem deixará seu pai e sua mãe e se apegará à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne” (Gênesis 2: 24, ESV).

Deve ter sido um lindo casamento. Deus era o casamenteiro, o florista, o oficiante e o padrinho. Foi a melhor lua de mel que você poderia imaginar: eles viviam juntos em um jardim (nus), alimentavam um ao outro com frutas e não tinham distrações. Eles foram o primeiro beijo, abraço, aperto de mão um do outro e tudo mais! Eles foram literalmente feitos para entre si. Eles eram abertos, confiantes, íntimos, desimpedidos e totalmente desavergonhados.

Adão e Eva não criaram seu casamento, foi Deus quem desenhou o projeto de se tornar uma só carne dentro do casamento. Isso é importante porque se Deus deu e projetou, então ele pode defini-lo.

O Design Supremo de Deus para o Casamento

Mesmo que o pecado mais tarde entrasse e distorcesse seu relacionamento (Gênesis 3), assim como faz o nosso hoje, Deus projetou o casamento de uma forma que oferece ao casal prazer por ter uma amizade profunda, ser sexualmente íntimo, compartilhar experiências para toda a vida, e ter uma família.

Pense nisso: Deus fez os corpos dos homens e das mulheres de maneiras tão únicas que até mesmo o ato sexual traz prazer. Esses são todos presentes de nosso bom pai que projetou o casamento para nós para apreciar.

Mas o casamento também é uma alegoria que mostra o evangelho de maneira significativa. Por causa da graça de Deus, o casamento é uma “ordenança secundária” que serve como um auxílio visual e um lembrete tangível do evangelho, comparando o relacionamento de Deus conosco ao relacionamento do marido com sua esposa. O apóstolo Paulo explica claramente como o casamento é mais sobre Cristo do que nós:

“Portanto, o homem deixará pai e mãe e apegar-se-á à esposa, e os dois se tornarão uma só carne.” Este mistério é profundo, e estou dizendo que se refere a Cristo e à igreja. (Efésios 5: 31-32).

Pense nisso: duas pessoas nada perfeitas estão pactuando suas vidas com base em não importa o que tenham feito no passado, não importa o que aconteça no futuro, na doença e na saúde, e para o bem ou para o mal até morrerem. Que bela imagem de Jesus Cristo (o noivo) e seu amor sem fim pela Igreja (a noiva).

O fato de que o casamento é uma imagem do evangelho é tão importante, e é por isso que qualquer outra versão ou abuso do casamento (homossexualidade, sexo antes do casamento, pornografia, divórcio, violência doméstica, adultério, etc.) é tão destrutiva – porque distorce a imagem que o casamento foi projetado para apresentar.

Mas quanto mais próximo um casamento se parecer com o desígnio de Deus (com amor ilimitado, submissão mútua, perdão, bondade, abnegação, etc.), mais ele apresenta o evangelho ao mundo.

Sua definição

Portanto, a definição correta de casamento importa … muito! Quando Deus, que nos criou e nos conhece, criou o casamento, ele o criou para nossa alegria e para anunciar o evangelho. É uma das inúmeras maneiras pelas quais Deus expressa sua graça e amor por nós.

E por causa disso, um casal que está focado em Deus naturalmente terá um casamento mais abençoado porque eles estão unidos pelos fortes “três fios” de que Salomão fala em Eclesiastes 4:12: O marido, a esposa e Deus.

Crédito da foto: © iStock / Getty Images Plus / Jelena Danilovic


Robert Hampshire é pastor, professor, escritor e líder. Ele é casado com Rebecca desde 2008 e tem três filhos, Brooklyn, Bryson e Abram. Robert frequentou a North Greenville University na Carolina do Sul para sua graduação e a Liberty University na Virgínia para seu mestrado. Ele serviu em uma variedade de funções como pastor de louvor, pastor de jovens, pastor de família e, mais recentemente, como pastor líder e plantador da Igreja da Vila em Churchville, Virginia. Ele promove seu ministério por meio de seu blog, Faithful Thinking. O objetivo de sua vida é servir a Deus e à Sua Igreja alcançando os perdidos com o Evangelho, fazendo discípulos devotados, equipando e capacitando outros para irem mais longe em sua fé e chamado, e liderando uma cultura de multiplicação para a glória de Deus. Descubra mais sobre ele aqui.

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Cantora gospel morre em altar louvando a Deus com Hino

A notícia da morte da cantora deixou a igreja Assembléia de Deus, pegou todos de surpresa no final do...
- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -