28 C
Palmas
sábado, 16 janeiro, 2021

Deus faz milagres agora como fez na Bíblia?

Saiba Mais

Pastor evangélico é investigado por abusar de mulher dentro de igreja

O pastor da Igreja Assembléia de Deus em Belém é acusado por abusar sexu@lmente de uma mulher que seria...

Pastor evangélico é acusado de viver triângulo amoroso com esposa e ovelha

Estamos vivendo o fim dos tempos mesmo, desta vez uma história que vai chocar o mundo gospel. O pastor...

Cantora gospel passa vergonha durante culto em igreja

Cantora evangélica passou a maior vergonha durante culto por pregar mentira. A cantora gospel foi advertida pelos próprios seguidores...

Profecia Tenebrosa de Cabo Daciolo se cumpre e assusta liderança evangélica

Profecia de Daciolo se cumpriu em 2019 e assusta liderança evangélica. Este ano o Daciolo profetizou que Deus irá...
Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

Deus ainda faz milagres no mundo de hoje? Ou os milagres são algo que se limita aos tempos bíblicos? Este artigo tentará fornecer uma resposta à questão dos milagres hoje.

O que é um milagre?

- Advertisement -

Existem algumas questões preliminares que precisam ser abordadas antes de abordarmos a questão dos milagres em nosso tempo, e a primeira delas envolve a definição de um milagre. O que é um milagre?

Ouvimos o termo usado livremente hoje. “Foi um milagre encontrar um lugar para estacionar perto da loja”, o “Milagre no Gelo” descreve a inesperada derrota da equipe de hóquei dos Estados Unidos sobre os soviéticos pela medalha de ouro nas Olimpíadas, ou “Foi um milagre ele ter sobrevivido aquele acidente de carro. ”

Mas esses são realmente milagres? Ou apenas eventos ou resultados altamente incomuns e inesperados? O uso bíblico de milagre é uma ação de Deus que produz um resultado à parte dos meios naturais. Uma ação que apontou Deus como a causa.

Cruzar o mar em terra seca, curar enfermos, expulsar espíritos malignos, alimentar uma multidão com cinco pequenos pães e alguns peixes ou andar sobre as águas são apenas alguns exemplos de milagres bíblicos. Isso é claramente causado por Deus, não apenas algo incomum.

Agora é bem possível que Deus tenha providenciado para que sua vaga de estacionamento fosse aberta para você, ou que ele favorecesse o time de hóquei dos Estados Unidos, ou qualquer uma dessas outras coisas às vezes rotuladas como milagres. Mas como saberíamos?

Dois Tipos de Milagres

Para os fins deste artigo, quero dividir os milagres em duas categorias distintas. O primeiro é para aqueles milagres semelhantes ao que rotulamos como milagres na Bíblia. Aqueles Deus causou eventos que focalizam a atenção nele e são difíceis de negar, e eles serão o assunto do restante deste artigo.

Mas acredito que haja uma segunda categoria de milagres. Aqueles que não são vistos ou não são tão óbvios. Isso pode incluir a intervenção de Deus para prevenir um acidente. Um milagre porque é algo que Deus fez, mas provavelmente não temos ideia de que tenha acontecido.

E eu acredito que quando Deus responde a oração, aquele milagre aconteceu. Deus entrou em nosso mundo para agir em resposta à nossa oração. Seja para curar os enfermos, proteger do mal ou equipar-nos para o serviço em seu reino, tudo isso são milagres. Eles são a intervenção de Deus no funcionamento normal do mundo natural, e esses milagres estão acontecendo no mundo hoje.

Qual era o propósito dos milagres na Bíblia?

Uma segunda questão preliminar sobre os milagres diz respeito ao seu propósito. Por que Deus fez milagres na Bíblia? A que propósito eles serviram?

Pode ser tentador pensar que há milagres registrados em toda a Bíblia. Mas esse não é o caso. Milagres são principalmente agrupados em torno de três períodos de tempo distintos. O primeiro período é durante o Êxodo e na conquista de Canaã sob Moisés e Josué, o segundo período é durante os ministérios de Elias e Eliseu, e o período final é durante o ministério de Jesus e seus apóstolos. Embora isso cubra todo o período do Novo Testamento, deixa grandes lacunas na história do Antigo Testamento. Lacunas onde houve poucos milagres registrados, se é que houve algum.

Em cada uma dessas ocasiões, Deus estava demonstrando sua presença de uma forma poderosa. Principalmente na época de Moisés e de Jesus. Com Moisés, Deus trabalha para libertar os escravos judeus e transformá-los em uma nação. E com Jesus, os milagres têm como objetivo provar que Jesus era de Deus e estabelecer sua igreja.

Em ambos os casos, Deus está mostrando que a obra que está sendo feita não é dos homens, mas de Deus. Os milagres durante o ministério de Elias e Eliseu não estão no estabelecimento de um povo de Deus. Mas eles acontecem no contexto de uma chamada do povo de Deus de volta à adoração do Deus verdadeiro.

Deus faz milagres hoje?

Não conheço nenhuma razão bíblica pela qual Deus não faria ou não poderia fazer milagres hoje. Ele ainda é Deus soberano e nosso mundo moderno não minimizou de alguma forma sua capacidade de agir de maneiras miraculosas.

Mas Deus freqüentemente trabalha por meio de seu povo. Ele comissionou sua igreja a levar o evangelho ao mundo, fazendo discípulos de todas as nações (Mateus 28: 18-20). A Bíblia registra para nós os milagres que Deus usou para estabelecer sua igreja, e podemos olhar para trás para validar a origem divina da igreja e o chamado de Deus. Não precisamos de milagres hoje para fazer isso.

O Evangelho de João registra várias aparições pós-ressurreição de Jesus. Entre eles estava uma visita a Thomas em João 20: 24-29. No final dessa aparição, Tomé acreditou que Jesus havia de fato ressuscitado dos mortos.

Esta passagem então fecha com o que eu acredito ser a resposta de Jesus para a questão dos milagres hoje. “Porque você me viu, você acreditou; bem-aventurados os que não viram e creram ”.

Jesus disse que nós que cremos sem prova física da ressurreição somos abençoados. E, por extensão, eu acho que é aplicável a milagres em geral. Aqueles que crêem somente pela fé, além dos milagrosos, são abençoados. Claro, todos os que acreditam são abençoados, mas ainda mais, aqueles que acreditam à parte das experiências externas.

Julgando a fonte de um milagre

A Escritura faz referência a duas fontes de milagres. A fonte primária é Deus, mas em 2 Tessalonicenses 2: 9 e em vários lugares do Apocalipse, você encontra outra fonte. Satanás e seu Anticristo usarão sinais e maravilhas para enganar as pessoas e afastá-las da verdade, e isso representa um desafio para o crente. Se eu visse um sinal milagroso, como saberia quem o produziu?

Quando você vê um sinal milagroso, a primeira coisa a avaliar é quem é glorificado por ele. Chama a atenção para quem o produz, ou para alguém ou algo diferente de Deus? Se isso acontecer, então não é de Deus. Um verdadeiro milagre de Deus nunca exaltará ninguém além do próprio Deus.

O que isto significa?

Gostaríamos de ver um grande milagre e acreditar que avançaria a causa de Cristo se as pessoas vissem um sinal tão óbvio da realidade de Deus. Mas acredito que é altamente improvável que vejamos alguém duplicando os milagres de Jesus hoje. Deus nos convida a confiar nele pela fé, não pela vista.

© iStock / Getty Images Plus / tang90246


Ed Jarrett é um seguidor de Jesus de longa data e membro da Igreja Batista Sylvan Way. Ele é professor de Bíblia há mais de 40 anos e regularmente bloga em Uma jarra de barro. Você também pode segui-lo no Twitter ou Facebook. Ed é casado, pai de dois filhos e avô de três. Ele é aposentado e atualmente gosta de seus jardins e mochila.

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Pastor evangélico é investigado por abusar de mulher dentro de igreja

O pastor da Igreja Assembléia de Deus em Belém é acusado por abusar sexu@lmente de uma mulher que seria...
- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -