25 C
Palmas
sábado, 16 janeiro, 2021

Qual é a importância da tumba vazia?

Saiba Mais

Pastor evangélico é investigado por abusar de mulher dentro de igreja

O pastor da Igreja Assembléia de Deus em Belém é acusado por abusar sexu@lmente de uma mulher que seria...

Pastor evangélico é acusado de viver triângulo amoroso com esposa e ovelha

Estamos vivendo o fim dos tempos mesmo, desta vez uma história que vai chocar o mundo gospel. O pastor...

Cantora gospel passa vergonha durante culto em igreja

Cantora evangélica passou a maior vergonha durante culto por pregar mentira. A cantora gospel foi advertida pelos próprios seguidores...

Profecia Tenebrosa de Cabo Daciolo se cumpre e assusta liderança evangélica

Profecia de Daciolo se cumpriu em 2019 e assusta liderança evangélica. Este ano o Daciolo profetizou que Deus irá...
Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

A Bíblia ensina que Jesus foi crucificado na cruz romana e depois sepultado em uma tumba emprestada. Mas, no terceiro dia após sua crucificação, as mulheres que haviam sido seguidoras foram ao seu túmulo e o encontraram vazio. Eles contaram aos discípulos, alguns dos quais também foram ao túmulo e o encontraram vazio. E eles saíram imaginando o que teria acontecido com o corpo de Jesus?

- Advertisement -

Hoje, o túmulo vazio é aceito com poucas dúvidas pela maioria dos crentes evangélicos e é um princípio central de nossa fé. Mas suspeito que a maioria de nós nunca investe muito tempo e esforço para compreender sua importância. Por que o túmulo vazio é significativo no Cristianismo? Por que o túmulo vazio é tão central para cada uma das narrativas do evangelho?

A ressurreição e a tumba vazia

A ressurreição de Jesus dentre os mortos está no centro da mensagem do evangelho desde o início. Em 1 Coríntios 15: 3-5, Paulo expressou o que muitos acreditam ter sido um credo da igreja primitiva.

Pois o que recebi, passei a vocês como de primeira importância: que Cristo morreu pelos nossos pecados segundo as Escrituras, que foi sepultado, que ressuscitou ao terceiro dia segundo as Escrituras, e que apareceu a Cefas, e depois para os Doze.

Mas enquanto a ressurreição e o túmulo vazio estão ligados, eles são distintos. Na ressurreição, Jesus demonstrou seu domínio sobre a morte e é uma promessa para os crentes também; que também teremos vitória sobre a morte.

Mas, ao contrário da ressurreição, o túmulo vazio não faz nada por nós. Em vez disso, ele nos diz algo. Diz-nos que o túmulo não pôde conter Jesus. Que ele fisicamente se levantou do túmulo. Quando o anjo apareceu às mulheres na sepultura vazia, disse-lhes: “Ele não está aqui; ele ressuscitou, assim como ele disse. Venha e veja o lugar onde ele se deitou. ” O túmulo vazio disse a eles que Jesus realmente havia ressuscitado. Foi a evidência da ressurreição.

A tumba vazia como um símbolo

Diferentes tradições dentro do Cristianismo têm seus próprios símbolos que representam eventos ou ensinamentos significativos dentro da fé Cristã. Um que é universal é a cruz. A cruz em si não tem poder salvador. Mas simboliza o que Jesus fez por nós. A morte de Jesus na cruz foi como um sacrifício expiatório pelos nossos pecados. E a cruz é um símbolo disso. Quando vemos a cruz, somos lembrados do que Jesus fez.

Da mesma forma, o túmulo vazio é um símbolo da ressurreição. Quando vemos ou ouvimos falar do túmulo vazio, isso deve nos indicar a ressurreição de Jesus. E para a nossa próxima ressurreição também. Simboliza a vitória sobre a morte.

Mas, embora a cruz seja um símbolo fácil de colocar em uma corrente e pendurar no pescoço, o túmulo vazio não é. Não me lembro de alguma vez ter visto uma tumba vazia em uma corrente ou na frente de um santuário. Em vez disso, podemos ver uma cruz vazia representando ambos. Jesus não está mais na cruz, não está morto, ressuscitou!

Alternativas para a tumba vazia

O túmulo vazio aponta para a ressurreição corporal de Jesus. Mas isso é ofensivo para muitas pessoas que menosprezam os milagres ou que negam a divindade de Jesus. Em vez disso, eles desenvolveram teorias alternativas para explicar o túmulo vazio. Essas teorias incluem:

  • As mulheres, e mais tarde os discípulos, por engano foram ao túmulo errado.
  • Os discípulos roubaram o corpo de Jesus e alegaram que ele havia ressuscitado.
  • José de Arimatéia retirou o corpo do túmulo de sua família e depois se esqueceu de contar a ninguém.
  • O relato de um túmulo vazio era simplesmente uma lenda que se desenvolveu nas décadas após a crucificação de Jesus.

Mas tudo isso é simples de refutar. A crença na ressurreição, e resultante túmulo vazio, é bem atestada na igreja primitiva. O credo citado por Paulo em 1 Coríntios 15: 3-5 é geralmente considerado como tendo sido desenvolvido duas décadas após a morte e ressurreição de Jesus. É muito cedo para que as lendas tenham se desenvolvido e suficientemente cedo para que os críticos tenham produzido o corpo de Jesus se ele não tivesse ressuscitado.

Provas da Tumba Vazia

Os primeiros discípulos de Jesus não precisavam de evidências do túmulo vazio. Eles podiam ver por si próprios. Mas que garantia podemos ter hoje de que o túmulo realmente estava vazio? Que Jesus realmente ressuscitou dos mortos?

A evidência para o túmulo vazio é realmente a mesma que a evidência para a ressurreição corporal de Jesus. O Dr. William Lane Craig, em seu artigo A Ressurreição de Jesus, oferece três evidências para o túmulo vazio.

1. Se o túmulo não estivesse vazio, alguém teria produzido o corpo de Jesus.

2. Existem aparições bem documentadas de Jesus aparecendo após sua ressurreição em todos os quatro evangelhos, bem como em 1 Coríntios.

3. É a melhor descrição da crença dos primeiros discípulos de que ele havia ressuscitado. Uma crença que teria sido estranha aos judeus do primeiro século.

Ao longo dos anos, muitos céticos têm procurado explicar a tumba vazia. Entre eles está Frank Morison, um cético que procurou escrever uma refutação à história da ressurreição. Mas durante sua pesquisa para o livro, ele se convenceu de que a tumba estava vazia. Em vez disso, ele escreveu: Quem moveu a pedra em defesa do túmulo vazio.

Por que isso é importante?

Então, no final das contas, por que o túmulo vazio é importante? Eu acredito que sua importância primária é que aponta para a ressurreição corporal de Jesus. Essa morte não poderia segurá-lo. E, secundariamente, porque Jesus ressuscitou, podemos aguardar nossa própria ressurreição também. O túmulo vazio demonstra que a morte não é o fim da jornada. Há muito mais por vir.

© iStock / Getty Images / TanyaSid


Ed Jarrett é um seguidor de Jesus de longa data e membro da Igreja Batista Sylvan Way. Ele é professor de Bíblia há mais de 40 anos e regularmente bloga em Uma jarra de barro. Você também pode segui-lo no Twitter ou Facebook. Ed é casado, pai de dois filhos e avô de três. Ele é aposentado e atualmente gosta de seus jardins e mochila.

- Advertisement -
- Advertisement -

Últimas

Pastor evangélico é investigado por abusar de mulher dentro de igreja

O pastor da Igreja Assembléia de Deus em Belém é acusado por abusar sexu@lmente de uma mulher que seria...
- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -