26 C
Palmas
quinta-feira, 21 janeiro, 2021

O que significa que Deus é Jeová Shalom?

Saiba Mais

Dayana Ribeiro da Silva
Dayana Ribeiro da Silvahttps://www.obuxixogospel.com.br/
Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Publicado em:

Existem muitos nomes para Deus, mas um que não ouvimos o suficiente nas orações é “Jeová Shalom”. Podemos ter encontrado as duas palavras separadamente, mas muitas vezes não juntos. Vamos mergulhar nesse nome de Deus, Jeová Shalom, e ver onde ele aparece nas Escrituras. Em seguida, analisaremos o significado desse nome e como o nome tem relevância para os crentes hoje.

O Significado de Jeová Shalom

- Advertisement -

Jeová Shalom, traduzido “O Senhor é Paz”, é um dos muitos nomes do Velho Testamento para Deus e é usado pela primeira vez por Gideão quando o anjo do Senhor apareceu a ele em Ofra no capítulo seis de Juízes.

Jeová Shalom nas Escrituras

Nos dias de Gideão, os filhos de Israel viviam em um estado constante de medo e trepidação. Os midianitas, antes um inimigo derrotado, ressurgiram do leste e começaram a saquear Israel com uma força esmagadora semelhante a uma turba. Gideon não estava imune à onda de ansiedade e incerteza que varreu a nação.

Na verdade, como escreve Matthew Henry, “angustiado; ele (Gideão) estava debulhando o trigo, não no lugar apropriado, mas no lagar, em algum canto privado e insuspeito, por medo dos midianitas ”. Temerosos de ataques e preocupados com a segurança de suas famílias, os israelitas, como Gideão, passaram a se esconder em tocas, “nas montanhas, nas cavernas e nas fortalezas” (Juízes 6: 2).

Foi nessa época de inquietação pessoal e nacional que o anjo do Senhor apareceu a Gideão em Ofra, comissionando-o a liderar Israel e livrá-lo de seus algozes. Como Matthew Henry escreve, “o dia de maior angústia é a hora de Deus aparecer para o alívio das pessoas” Isso certamente era verdade no chamado de Gideon.

Em Ofra, o Senhor lembrou ao guerreiro recém-cunhado e futuro juiz que Ele, o Senhor, estivera com os israelitas em todas as etapas de sua jornada e ainda estava com eles (Juízes 6: 8-10).

Ele estava com Gideão no presente (Juízes 6:12) e estaria com ele nas provações e batalhas que viriam (Juízes 6: 14,16). Como o Senhor havia fortalecido Josué na véspera de entrar na terra prometida (Josué 1: 9), o Senhor encorajou Gideão: “Paz, não temas, não morrerás” (Juízes 6:23).

Oprimido pela confirmação e recomendação do Senhor, Gideão construiu um altar em Ofra dos abiezritas e chamou-o de “O Senhor é Paz” ou “Jeová Shalom”, um tributo e lembrete da provisão e promessa de paz do Senhor.

O Significado de Jeová Shalom

Como freqüentemente vemos nas Escrituras, os nomes de Deus revelam atributos significativos de Sua natureza. Isso é especialmente verdadeiro em relação a Jeová Shalom.

Em várias ocasiões no Antigo Testamento, o Deus de Israel se distinguiu dos falsos deuses dos povos vizinhos, tornando Sua presença conhecida no meio de Israel. (Sofonias 3:17). Jeová estava muito vivo e investia no bem-estar do Seu povo do convênio. Mais importante, Ele foi ativo em buscar e manter um relacionamento íntimo com Seus filhos, algo de que nenhum outro povo ou deus poderia se orgulhar.

No entanto, apesar das muitas manifestações da presença de Deus, era comum que os filhos de Israel se cansassem dos poderes circundantes ou das circunstâncias atuais. Com medo, os israelitas muitas vezes se esqueciam dos milagres de Deus e abriam mão de Suas promessas. Ao fazer isso, seu medo e esquecimento foram os precursores do pecado que os separou da bênção da presença de Deus.

No entanto, mesmo em seus lapsos espirituais, esquecimento e infidelidade, Deus nunca abandonou Seu povo. Ele estava sempre perto de:

Quando os israelitas mantiveram os olhos no Senhor, obedeceram a Seus mandamentos e cumpriram Suas promessas, encontraram paz em Sua presença. Como está escrito em Isaías, “você conservará a sua mente firme em paz, porque ele confia em você” (Isaías 26: 3).

De acordo com o Dr. Tony Evans, Deus é “aquele que traz calma onde há caos, estabilidade onde há luta”. Aqueles que confiaram Nele encontraram conforto e calma em meio às piores tempestades, lutas ou batalhas.

A relevância de Jeová Shalom hoje

Hebreus 13: 8 diz que, “Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e para sempre.” O poder de Jeová Shalom e a paz que Ele oferece estão muito presentes e disponíveis a Seus filhos e à igreja hoje.

Deus é sempre fiel às Suas promessas. A Escritura nos lembra que Ele é fiel em prover paz abundante a todos os que invocam Seu nome e escolhem permanecer em Sua presença.

Jesus sabia que Seus seguidores, tanto presentes quanto futuros, enfrentariam desafios e perigos em seu ministério, mas Ele não queria que eles (ou nós) vivêssemos com medo. Ele disse: “Deixo-vos a paz; Minha paz eu dou a você; não como o mundo dá, eu dou a você. Não se turbe o seu coração, nem se atemorize ”(João 14:27).

Além disso, Ele nos lembrou que “estas coisas vos tenho falado, para que em Mim tenhais paz. No mundo você tem tribulação, mas tenha coragem; Eu venci o mundo ”(João 16:33). Em Sua presença, temos o poder de superar o estresse do presente ou ansiedade e do futuro. Como 1 Pedro 5: 7 diz, devemos “lançar sobre Ele todas as nossas preocupações e ansiedade, porque Ele se importa conosco”.

A paz é a antítese do medo. Fornece perspectiva, incentiva a esperança, cria confiança, inspira coragem e afirma a confiança no poder de Deus.

Em um mundo onde as pessoas estão cada vez mais sobrecarregadas por estresse, conflito, depressão, ansiedade e incertezas financeiras, emocionais e físicas, a presença de Jeová Shalom proporciona uma paz que ultrapassa todo o entendimento (Filipenses 4: 6). É por isso que aqueles que estão constantemente imersos na presença de Deus e confiam nEle para obter força produzem o fruto da paz em suas próprias vidas, o que ministra aos que estão ao seu redor (Gálatas 5:22).

Todos os que estão cheios de medo, ansiedade, dúvida, estresse ou incerteza podem confiar que Jeová Shalom se preocupa com eles e nunca os deixará. Como está escrito em 2 Tessalonicenses, “agora o Deus de esperança os encha de toda alegria e paz na fé, para que abundem em esperança pelo poder do Espírito Santo” (2 Tessalonicenses 3:16).

Não podemos controlar as incertezas e circunstâncias da vida, mas na presença de Jeová Shalom, podemos encontrar esperança, alegria, força e paz para enfrentar todos os dias.

Fontes

Biblestudytools.com

Evans, Tony (2017). Experimente o poder dos nomes de Deus. Eugene, Harvest House Publishers.

Henry, Matthew (1997). Comentário conciso sobre toda a Bíblia. Dallas, Thomas Nelson.


Joel Ryan é uma autora de crianças e jovens adultos baseada em LA que ensina redação e comunicação em Life Pacific University. Como ex-pastor de jovens, ele tem um coração voltado para os jovens adultos e é apaixonado por engajar os jovens por meio do cinema, literatura e teatro. Seu blog, Perspectivas fora da página, discute a vida criativa e espiritual por meio da história e da arte.

Crédito da foto: GettyImages / SIphotography

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Advertisement -

Últimas

- Advertisement -

Veja Mais

- Advertisement -
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x