Crime

Filha de Flordelis diz que pagou R$ 5 mil para matar Anderson do Carmo livra cara da deputada

O caso do assassinato do pastor Anderson do Carmo está em vias do fim, mas a polícia descobriu nesta segunda-feira (26), que a filha da deputada federal Flordelis, Simone dos Santos Rodrigues, pagou R$ 5 mil para que o padrasto fosse morto.

Flordelis entra com representação contra o Deputado Alexandre Leite

A declaração foi dada ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara durante depoimento da filha biológica de Flordelis (PSD-RJ) como testemunha de defesa no processo contra a cassação da parlamentar.

Sobre a motivação do crime, Simone continua alegando que vinha recebendo investidas amorosas por parte do pastor Anderson do Carmo, o que começou a incomodar quando passou a ser de cunho sexual.

Entretanto, como já vinha dizendo no depoimento à polícia desde que o caso foi descoberto, Simone alega que Flordelis não sabia do plano.

“Ela não sabia de nada, ela não tinha ciência nenhuma de nada que estava acontecendo. Eu estava em desespero, não aguentava mais essa investida dele porque queria ficar comigo de qualquer forma”, disse Simone.

Apesar de ter pago o valor, Simone diz que não articulou o plano de morte, onde tudo ficou a cargo da irmã Roberta Santos, que teria montado todo o esquema para tirar a vida do pastor Anderson do Carmo.

Flordelis é acusada pelo Ministério Público de ser a mandante do assassinato do marido, o pastor Anderson do Carmo. Ela nega as acusações.

Comentários
Botão Voltar ao topo