Crime

Polícia encontra corpo de esposa de pastor boiando em rio com mãos amarradas vizinha pode ser suspeita

A Polícia Civil de Itajaí, no litoral, tenta desvendar o mistério morte de Mariane Kelly dos Santos, 35 anos, esposa de um pastor evangélico, depois que ela foi encontrada boiando no rio Itajaí-Açu com as as mãos amarradas. O corpo da evangélica foi encontrado no início da tarde desta sexta-feira (09) depois de ficar quase um dia desaparecida.

Assembléia de Deus de São Luiz, perde três pastores, em menos de 72 horas

De acordo com populares, Mariane foi vista pela última vez ao sair da cafeteria onde trabalhava ao terminar o expediente. A Polícia passou a investigar o caso a partir das informações que ela entrou em um carro cinza.

Para a polícia, o marido Joedison dos Santos, 40, o pastor Jota, afirmou que ela pegou um Uber depois do trabalho e sumiu.

Porém, a Polícia Militar conseguiu identificar o veículo, que pertence a uma vizinha do casal. A vizinha está desaparecida ainda não foi localizada.

Um pescador encontrou o corpo de Mariane no bairro Volta Grande, em Navegantes, por volta das 14 horas de sexta-feira. A Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Itajaí investiga o caso. Joedison e Mariane eram casados há 20 anos.

Comentários
Botão Voltar ao topo