Gospel

Após briga com Universal, Andressa Urach quase se mata e revela conversa polêmica

Urach acusa a igreja do bispo de roubar roubar seu dinheiro e mostrou prints da conversa com a advogada da igreja

A ex-modelo e agora empresária dona do concurso miss-bumbum, Andressa Urach retornou com fortes críticas à Igreja Universal do Reino de Deus, comandada pelo bispo Edir Macedo. Urach foi fiel da IURD até o ano e 2020, quando saiu da entidade após, segundo ela, decepções.

Na madrugada deste dia 25 de agosto, ela foi às redes sociais contar mais sobre o polêmico processo que moveu contra a igreja, onde pede cerca de R$ 1,5 milhão de reais doados à igreja quando era membro de lá.

No processo, Urach acusa a igreja do bispo de roubar roubar seu dinheiro e mostrou prints da conversa com a advogada da igreja. As doações foram feitas ao longo dos 2 anos em que esteve na igreja.

“A Igreja Universal falou que eu agi de má-fé quando disse que não tinha R$ 50 mil para pagar pelo processo para pedir meus R$ 2 milhões de volta. Tenho as conversas com a Cristiane Cardoso (advogada da igreja) e posso provar que a Universal tirou todo meu patrimônio. Só quero o que é meu de volta. Se tenho condições hoje para pagar as contas é graças ao Miss Bumbum”, desabafou Urach.

A missionária disse ainda que a igreja usa fé das pessoas para tirar delas: “Não se preocupam com alma nenhuma. Se se preocupassem, teriam devolvido quando implorei. A única coisa que me sobrou foi minha casa e, por pouco, ainda não tiram. […]. Implorei para eles me devolverem meu patrimônio, mas falaram que abriria precedentes para outras pessoas pedirem de volta o que perderam”.

Ela contou também que não cometeu suicídio porque temeu pela vida eterna no inferno: “Sei que preciso alimentar a minha fé. Depois de tudo que passei, só não me matei porque acredito que o inferno existe e porque tenho um filho para criar. Nunca imaginei que passaria por tudo que passei”, desabafou.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo