Brasil

Inovação: Primeiro “BBB gospel” reúne cantores e artistas cristãos

O reality teve participações especiais com de nomes conhecidos do meio gospel

O empresário Silas Bitencourt, de 43 anos, lançou o primeiro reality gospel,” Culto da Resistência”, com direito a patrocinador oficial “Levanta Varão”, um estimulante sexual voltado para o público gospel.

A ideia surgiu a cinco meses atrás, quando Silas decidiu que faria um reality semelhante as provas de resistências do Big Brother Brasil, por isso internautas chamam o projeto de “BBB gospel”.

O reality teve participações especiais com de nomes conhecidos do meio gospel, como Mara Maravilha, Robson Monteiro, o jogador Wendel, do Palmeiras, pastora Pat´rica  e também Ossamá Sato, mágico da  “A Praça é Nossa”, que disputavam o prêmio de R$25 mil reais.

Mister M, o ilusionista mascarado que revelava segredos do ofício num quadro do Fantástico no fim dos anos 1990, também foi. Interpretado pelo americano Val Valentino, “mostrou a força da empresa, que, mesmo sendo gospel, queria trazer um participante conhecido internacionalmente”, segundo Silas Bitencourt.

Além disso, os participantes também fazem a divulgação da do reality que foi  transmitido pelo YouTube. Alguns dos participantes não fizeram a divulgação e levou bronca:“Gente, até a Beyoncé tem 15 segundos para gravar um vídeo, a Anitta.”

Mary Hellen Bitencourt disse, em entrevista, que seu marido foi procurado por diversas marcas na última semana antes da estréia do evento.

“Quando chegou a última semana [antes do programa], aí o povo começou a vir atrás do Silas de tal forma. Mais de mil mensagens para ele responder no WhatsApp. Eu disse que ele estava como Noé”, conta. “Quando ele disse que ia cair dilúvio, ninguém botou fé, riram da cara dele. Mas, quando a porta da arca fechar, ninguém entra, ninguém sai. Não tem jeitinho, não.”

Segundo Mary Hellen Bitencourt, lembrou que para conseguir algo teria que perseverar: “A Bíblia nos ensina que, para adquirir algo, é preciso fazer mais. ‘Vou fazer um jejum, vou me sacrificar no altar, não vou beber, não vou comer por algumas horas, alguns dias, e tenho certeza que Deus vai me responder. Ele vê o sacrifício sincero do coração.”

No fim , restaram apenas 14 participantes, nove homens e três mulheres, que decidiram dividir o prêmio e cada um saiu de lá com R$2.500,00.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo