Gospel

Polícia interrompe inauguração de igreja da Pastora Renálida e clima esquenta

Liderada pela polêmica missionária Renálida, igreja descumpriu regras e teve que ser fechada

Igreja de pastora Renallida é interditada no dia da inauguração, em Cabedelo (Foto: Reprodução/ Instagram)

Foi um dia de caos para a missionária Renálida essa quarta-feira, 16. Durante todo o dia foi alvo de críticas nas redes sociais e na TV local e a noite teve o grande culto de inauguração da ITPM interrompido pela polícia.

A denominação que tem como pastor presidente nacional o outro polêmico pastor Leonardo Sale, será liderada pela pastora na cidade de Cabedelo (Paraíba).

Porém, na noite desta quarta-feira (15) a inauguração foi interrompida pela Polícia Militar.

Após denúncia anônima, a Prefeitura agiu e enviou fiscais que verificaram a falta do alvará para funcionamento, descumprimento de protocolos de segurança sanitária e por aglomeração de milhares de pessoas que lotaram o galpão.

“O proprietário foi orientado sobre as determinações regidas pelo Protocolo Sanitário referente as atividades religiosas e decretos vigentes, com o intuito de evitar a propagação da Covid-19”, informou o documento da Vigilância Sanitária de Cabedelo.

Mesmo com o fechamento, os fieis não desanimaram e seguiram a pastora Renálida até a praia de onde realizaram a celebração.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo