Polêmicas

Leonardo Gonçalves se declara esquerdista e contra Bolsonaro: “sem bolsominion na família, graças a Deus”

"Eu me considero de esquerda a vida inteira e posso dizer de boca cheia que não tem um bolsominion na minha família, graças a Deus né", disparou

Leonardo Gonçalves se declara de esquerda e detona apoiadores de Bolsonaro. Foto: Reprodução/Internet

O cantor gospel Leonardo Gonçalves se reuniu com dezenas de pastores e líderes evangélicos em uma videoconferência promovida e liderada pelo ex-pastor Caio Fábio intitulada “Encontro de Lideranças Cristãs em defesa da Democracia“. O objetivo do evento foi lançar uma frente evangélica em favor da democracia, mas que na verdade tem como pano de fundo se posicionar contrário ao atual governo.

No dia 6 de Setembro, dezenas de lideranças cristãs se reuniram, a convite do Rev. Caio Fábio, para falarem sobre o compromisso com o Evangelho e com a defesa da Democracia. Um evento histórico e uma fraternidade que terá sequência e consequência“, disse assim a descrição do evento.

Com nomes como Ricardo Gondim, Caio Fábio, Manfred Grellert, Paulo Lutero, entre outros, o evento foi realizado um dia antes das mega manifestações do dia 7 de setembro. Caio e sua esposa ainda desejaram que as manifestações fossem “Em nome de Jesus um fiasco”, mas viram o contrário acontecer – milhões nas ruas.

Músico Leonardo Gonçalves

O Buxixo Gospel, entre tantas falas polêmicas dos líderes evangélicos presentes na conferência, resolveu destacar as do cantor, pois essa sua faceta não é tão conhecida do público que consome suas músicas, fato revelado pelo próprio durante sua apresentação.

Apresentado como músico, Leornardo Gonçalves tentou fazer uma mea culpa com o grupo ao tentar explicar que contribuiu ingenuamente para o que ele chama de projeto político.

Gastei meus últimos vinte anos cantando música evangélica nesse contexto brasileiro….e esse projeto político cresceu regado a música”. Explicou o cantor, falando que o boom evangélico foi fomentado pelo poder da música evangélica e isso acabou levando ao momento atual que o país vive que é liderado por Bolsonaro.

Sempre de esquerda

Onde que eu errei para que me confundissem“, disse Leonardo referindo-se ao pensamento popular no meio gospel de que ele não era ligado à esquerda.

Ele ainda diz que foi usado para que este cenário de direta no Brasil fosse possível hoje e que não sabe o que será pós-pandemia, pois com suas declarações contrárias ao Governo e favorável à esquerda teme o que acontecerá.

“Eu me considero de esquerda a vida inteira e posso dizer de boca cheia que não tem um bolsominion na minha família, graças a Deus né”, disparou Leonardo.

Dê play e assista:

 

 

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo