Polêmicas

Bomba: Padre é preso após roubar mais de meio milhão da igreja e gastar com orgias gays e drogas

Festas com sexo gay regadas a drogas eram pagas com dinheiro dos fieis

padre italiano Francesco Spagnesi

Uma bomba caiu na igreja católica da Itália. Um escândalo envolvendo um padre deixou todos assustados com o que era cometido com o dinheiro dos fieis pelo religioso.

O padre identificado como Francesco Spagnesi, 40 anos, foi preso acusado de desviar R$ 620 mil dos fundos da igreja para pagar por orgias gays em sua casa.

O site The Times foi quem apurou o caso e disse que o padre está em prisão domiciliar.

Segundo as investigações, as orgias, promovidas pelo padre Francesco, eram regadas a drogas. Participavam dos atos muitas outras pessoas e todos estão sendo investigados pelos casos que ocorriam a pelo menos dois anos.

Colega de traficante

Ainda segundo o The Times, as festas promovidas pelo padre ainda tinha a presença de seu colega de quarto, que é um traficante de drogas, e outras pessoas chamadas em sites de relacionamentos gays. Cerce de 20 a 30 pessoas nas festas.

Após o escândalo, descoberto pelo contador da igreja, a igreja tomou as providências e afastou o padre e as autoridades estão investigando o caso.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo