Notícias Gospel

Missionárias evangélicas são acusadas de furtar quadro “endemoniado” após oração

“Essas mulheres missionárias foram fazer oração, e uma delas falou que alguma coisa estava puxando energia negativa"

Grupo de religiosas furta quadro de artista negra – (crédito: Arquivo pessoal)

Um grupo de missionárias evangélicas estão sendo acusadas de furto por uma jovem de 21 anos, que afirma que elas furtaram a obra de arte “A união” de dentro da casa dela, em Samambaia Norte, Brasília. O quadro foi levado sem seu consentimento, disse.

Segundo a denunciante, as missionárias fizeram uma oração, segunda (20/09), e receberam a revelação de que o quadro estava “endemoniado” e precisava ser retirado da casa. O pai da jovem no momento consentiu que o quadro fosse retirado.

Acusação

“Essas mulheres missionárias foram fazer oração, e uma delas falou que alguma coisa estava puxando energia negativa. Elas viram o quadro na parede e decidiram levá-lo embora. Uma mulher falou que o pai dela (dona do quadro) tinha dado permissão para retirar o quadro de lá, o que é mentira. Literalmente furtaram o quadro”, diz a pintora do quadro.

A pintora ainda acusou as irmãs de fanatismo. “Eu gostaria de saber o que elas viram de tão errado no quadro, e com qual direito elas acham que tem para furtar um item por puro achismo e fanatismo. O quadro incomodou por quê? Por conta da imagem de duas mulheres pretas juntas?”.

Uma das missionárias disse que o caso não é como a jovem está falando e que um advogado está cuidando de tudo.

A prática de oração em casas e a retiradas de objetos que podem dar brecha para o Diabo é comum em alguns círculos evangélicos. Ás vezes são retirados quadros, peças de roupas, brinquedos, cd’s, entre outros objetos.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo