Gospel

“Anticristo”: PT pediu ao STF expulsão de missionários das tribos indígenas

Na Ação protocolada no STF PT e a Apib buscaram erradicar o trabalho de pregação do Evangelho entre os indígenas no Brasil

O Partido dos Trabalhadores está possesso com o trabalho dos evangélicos entre os indígenas. O partido de esquerda pediu ao STF que os missionários que atualmente atuam entre tribos indígenas fossem expulsos de onde estivessem.

O partido de Lula conseguiu uma vitória contra o povo de Deus quando teve deferido pelo ministro do STF Luís Roberto Barroso um pedido seu que proibiu ingresso de missionários em tribos indígenas no país.

Porém, o partido que segue o comunismo queria mais: no mesmo pedido que foi analisado por Barroso, ele queria que fossem expulsos os missionários.

O pedido foi negado por Barroso nesta quinta-feira (23), que decidiu liminar negando somente novos ingressos de missionários.

O ministro Barroso negou o pedido alegando que não há “resistência à presença dos missionários pelos povos indígenas isolados ou se sua presença é consentida”, e por isso não acatou o pedido.

No processo em tramitação, a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 6.622, o PT e a Apib buscaram erradicar o trabalho de pregação do Evangelho entre os indígenas no Brasil.

Com informações Gazeta do Povo

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo