Samuel Mariano é acusado de arrombar igreja e se apropriar de templo indevidamente

“Depois dos escândalos de adultério, e fornicação Samuel mariano por volta das 15:30 iniciou um plano para tomar igrejas de pastores que dedicaram sua vida a anos"

O pastor Samuel Mariano está sendo acusado juntamente com o Bispo Samuel Ferreira e o pastor Dimas, de Campina Grande, de tentar dar um golpe na Justiça, para tomar um templo da Assembleia de Deus através de propinas.
A notícia foi divulgada através das redes sociais do jornalista Emerson Machado.
“A igreja assembleia de Deus CAMPO CABEDELO dirigida pelo (pastor Edinaldo) a mais de 27 anos, sofreu hoje uma tentativa de golpe, onde Pr Samuel Mariano Juntos com o Bispo Samuel Ferreira e o Pastor Dilmas de Campina Grande, entraram com uma ação na justiça para tomar o templo do Pastor Ednaldo, usando de má fé, com propinas, aonde o mesmo falou para o Pastor Ednaldo se ele teria 1 milhão de reais para gastar com advogados e Juizes”, disse o jornalista.
Além disso, Mofi revelou uma conspiração contra o pastor Edinaldo, após o escândalo de adultério de Samuel Mariano.
“Depois dos escândalos de adultério, e fornicação Samuel mariano por volta das 15:30 iniciou um plano para tomar igrejas de pastores que dedicaram sua vida a anos. Na Cidade de cabedelo(PB), populares se sentem revoltados pelo fato do pastor Samuel Mariano, de forma injusta expulsar um pastor muito amado pela cidade, depois de anos de dedicação pela cidade e em prol do reino de Deus”, dizia a denúncia.
Para o jornalista, a causa foi ganha de forma misteriosa e sem explicação: “de forma misteriosa, o pr. Samuel Mariano ganha uma causa sem explicação e sem base jurídica, arromba a igreja com viaturas, e oficiais de justiça, pela ganância e e desejo de se alegra no fracasso dos outros, Samuel mariano ainda mostra sinal do seu mau caráter e luxuria”, revelou.
Por fim, o jornalista afirma que a decisão do juiz foi antecipada quanto ao prazo para recorrer da sentença.
“A sentença foi data que até o dia 28 deste mês o Pastor Ednaldo junto com sua Igreja tinha esse prazo para recorrer, porém na manhã de hoje o juiz antecipou o decreto validando posse total para madurei e Samuel Mariano, onde a outra parte nem ciência tinha do que estava acontecendo”.
O Buxixo Gospel deixa espaço aberto para manifestação do pastor Samuel Mariano e demais envolvidos.