Escândalo: ex-jogador processa pastor por adulterar com sua esposa cantora evangélica

Ele era casado com a cantora evangélica Julianna Zobrist desde 2005 e têm três filhos.

O ex-jogador de beisebol Ben Zobrist com a ex-esposa, a cantora evangélica Julianna Zobrist, e o pastor Byron Yawn (Foto: Instagram)
Mais um escândalo sexual envolvendo um líder religioso veio à tona. O caso agora aconteceu nos Estados Unidos e envolve um pastor.
Um ex-jogador de beisebol, Ben Zobrist, processou o pastor Byron Yawn, líder de uma congregação evangélica do país, após o pastor ter adulterado com a sua ex-esposa Julianna Zobrist, que é cantora gospel.
O ex-jogador, Ben (40 anos), atuou pelo Tampa Bay Devil Rays, Oakland Athletics, Kansas City Royals e do Chicago Cubs e acusa o pastor de adultério e também de fraude em sua instituição de caridade.
Ele está aposentado desde 2019.
A cantora evangélica Julianna Zobrist (Foto: Instagram)
Ele era casado com a cantora evangélica Julianna Zobrist desde 2005 e têm três filhos.
As informações do processo polêmico veio à tona pelo site Ace ShowBiz. O ex-atleta quer US$ 6 milhões (cerca de R$ 32,58 milhões) em indenização.

O pastor Bryon “se aproveitou de seu papel como conselheiro ministerial, violou e traiu a confiança depositada nele, infringiu acordos financeiros e fez uso de sua função como conselheiro para se envolver em uma relação sexual com a esposa [de Ben]”, diz a peça de acusação.

Com O Dia