Ex Gideões: Pregador Youssef Akiva revela não crer mais em Jesus: “Não dá pra acreditar!”

Akiva deixou o Cristianismo para abraçar o judaísmo com fé plena

Akiva deixou o Cristianismo para abraçar o judaísmo com fé plena
Youssef Akiva está sendo acusado por internautas de ter deixado de acreditar em Jesus.
O Canal no Entanto, de Paulo Souza divulgou nesta quinta-feira (7),mensagens e textos do pastor ,onde ele explica o porquê de ter deixado de crer que Jesus é o Messias.
“Então, sobre essa questão que o amigo falou do Novo Testamento, se a gente não acredita, por que a gente cita? Vou te dar uma resposta para entender![…]Existem muitas verdades no Novo Testamento, mas não são todas. Como não são todas, não serve como filosofia de vida”, disse Akiva em um áudio.
“Não existe Sarcedócio, porque não existe Templo. Uma depende da outra”, disse em outro.
Em dado momento dos áudios, um pastor deixa o grupo de Youssef pois acredita que não é um grupo de aprendizagem, mas s de conversão.
Em seguida, Akiva fala sobre o judaísmo  e que o grupo era para quem não vive de achismos, sempre falando de sua “antiga religião”, que é o Cristianismo, que sugere ser uma religião de sentimentos e não de conhecimento.
“No Judaísmo, a gente vai aprender a ter uma vida que não é de sentimento, mas sim de conhecimento. No Judaísmo, a vida espiritual é regida pelo conhecimento e não pelo sentimento. Porque na minha antiga religião, a gente faz tudo pelo que sente,né?No Judaísmo a gente faz por aquilo que a gente sabe”,revelou o religioso.
Em outro áudio, Akiva explica porque deixou o Cristianismo para abraçar o judaísmo com fé plena.
“Existe um princípio básico que tem que ser para todos nós: o princípio documental. O judaísmo messiânico, ele vai assumir de firma documental a divindade, a deidade das Escrituras de modo geral, a influência divina, não apenas da Tanaáh,mas também do Novo Testamento […]O Novo Testamento tem 36% de adulterações propositais feito pelos primeiros 10 Concílios”.
“ O judaísmo Messiânico crer em escritos burlados, escritos que foram manipulados. Não tem como acreditar! Podemos acreditar de forma histórica, mas é muito contraditória”, disse o líder
religioso, explicando que abriu mão de ser carregado no colo em troca da verdade.
Em outro áudio o pregador dos Gideões questiona sobre a veracidade de Jesus ser o Cordeiro oferecido em troca da expiação do pecado do mundo.
“Se Jesus é o Cordeiro de Deus, Cordeiro Pascal, que tira o pecado do mundo, então por que ele foi ferido antes? Porque antes de ser sacrificado, ele foi ferido machucado, 3 aí já descaracteriza a questão do Cordeiro. O Cordeiro não poderia ter nenhum ferimento. Ele foi machucado antes de ser crucificado”, além disso, ele refuta o fato de que “Deus abomina sacrifício humano” questionando as contradições dos textos.
Assista:
https://www.youtube.com/watch?v=DphI3qrLOeM
https://youtu.be/DphI3qrLOeM