Samuel Mariano pede oferta para manutenção de carreta 2 vezes em menos de 6 meses

O pastor Samuel Mariano usou as redes sociais para dizer que estava triste por algo que estava acontecendo.
A tristeza do líder da Assembleia de Deus na Paraná, era em relação a sua carreta usada no projeto “Quero Almas”, que saia pelo sertão do nordeste para evangelizar.
Aproveitando o momentos, o pastor pediu ajuda para fazer manutenção na carreta missionária, que estava se deteriorando.
No entanto, segundo o canal de André  Carpano, o pastor teria feito uma live no dia 6 de abril para arrecadar fundos para fazer revisão na  carreta, além de ajudar um missionário, levantando cerca de R$ 25 mil reias.
Já no dia 8 de abril, o pastor mostra a carreta voltando da revisão, funcionando perfeitamente.
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=300701434751085&id=100044336923789
Além disso, o pastor ficou irritado com alguns comentários de alguns seguidores que o questionou se sua lamentação era para pedir um pix.
Mariano, revoltado, chamou esses seguidores de “assassinos de ministérios”, e chamou um seguidor de idiota.
“Alexandre Rocha, você deveria ser um pouquinho menos idiota. Se fosse um pouquinho menos, você saberia que eu construí uma escola lá no sertão”, falou o  líder religioso ao seguidor.
Recentemente, o pastor teve seu nome envolvido em uma suposta traição, onde teria tentado tirar a própria vida por causa do escândalo.
“Foi nesse dia que eu pensei em fazer uma besteira. Foi nesse dia que eu saí no carro. […] Eu pensei, eu vou morrer como herói. O pessoal vai pensar que isso aqui foi um acidente. Minha vida acaba aqui. Deixo minhas músicas eternizadas aí. Foi quando meu telefone tocou, era o Bispo Samuel. Nesse dia ele ligou pra mim e disse “Samuel, fica vivo e respira que a gente está por aqui”. Nessa época, nem da igreja do bispo eu era. Daí eu voltei, segurei o carro”,disse em entrevista  ao podcast Papo Arretado, no Youtube .
Sair da versão mobile