Pastor detona vaidades na Assembleia de Deus: “não deixe a barba crescer, aqui não tem nenhum Bin laden”

Além disso, o líder da Assembleia da Paraíba pede para que os homens sigam os pastores como modelo, para andarem direitinho.

Pastor José Carlos de Lima
O Pastor José Carlos de Lima, líder da Assembleia de Deus na Paraíba saiu em defesa da “Doutrina da Assembleia de Deus”, durante um culto de batismo,  proibindo o uso de barba, barbicha e costeleta para os homens, além de recomendar as mulheres não cortarem seus cabelos.
O líder religioso faz a comparação de homens com barba ao terrorista  Osama Bin Laden e ao líder da libertação da Palestina, Yasser Arafat.
“Aos homens, mantenham os vossos cabelos da forma que está. Não deixem a barba crescer, não. Porque vocês não estão vendo os pastores de barba. Aqui não tem nenhum Bin Laden, não tem nenhum Arafat. Eu sou crente desde a época do Pastor Antônio Petrolina dos santos. Eu nunca vi aquele homem de barbicha, de costeleta, nunca vi”, iniciou.
Além disso, o líder da Assembleia da Paraíba pede para que os homens evangélicos sigam os pastores como modelo, para andarem direitinho.
“O modelo somos nós aqui. Eu to vendo rapaz na igreja, tudo barbudo, de barbicha, QUE COISA HORROROSA! Isso tá fora, vamos acabar com isso, vamos andar direitinho, como quem vai pra Jerusalém. Isso faz parte do ensinamento da Palavra, são os bons costumes, nós somos ensinados assim. As irmãs não cortem os seus cabelos, deixe os seus cabelos crescer.”, afirmou o líder pentecostal.
A preocupação do pastor José Carlos demonstra a mudança ocorrida dentro do círculo assembleiano no que tange aos usos e costumes – uma profunda mudança está a caminho.
Assista:
https://youtu.be/QnkeGrBvlA4
Sair da versão mobile