BrasilGospel

Sara Sheeva fala sobre final de cantores de sofrência no Brasil e se assusta com resultado

Sara Sheeva usou as redes sociais para falar sobre a morte de Marília Mendonça, após uma seguidora lembrá-la de uma live que ela fez sobre música sertaneja.

A pastora Sara Sheeva, famosa não só por ser cantora e filha de Baby Consuelo, mas por suas declarações polêmicas sobre vários assuntos do gospel voltou  a ser destaque neste fim de semana.
Sara Sheeva usou as redes sociais para falar sobre a morte de Marília Mendonça, após uma seguidora lembrá-la de uma live que ela fez sobre música sertaneja.

“Há quase um mês, no dia 10 de outubro deste ano, Deus me deu uma palavra de conserto direcionada aos cantores de música sertaneja –que eu entreguei publicamente em uma live aqui no Instagram enquanto lavava a louça. Hoje, com a triste notícia do falecimento de uma cantora –desse meio sertanejo–, um seguidor me lembrou da palavra e eu fui assistir à mensagem novamente. Meu Deus! Estou aqui em estado de choque. Que tristeza”, escreveu.

A filha de Baby Consuelo falou sobre arrependimento e do choque que teve ao se relembrar.

“Estou chocada, pois não me lembrava do teor da mensagem. Vamos nos arrepender e voltar ao Senhor enquanto há tempo”, continuou.
Na live do dia 10 de outubro, Sara Sheeva falou sobre a música sertaneja, estilo sofrência .
“Quase vomitei de nojo. Comecei a ter um troço. O que é isso que essas pessoas estão cantando?”, contou.
Sara fez um alerta sobre o que aconteceria caso, os cantores não parassem com as músicas que falam sobre adultério.
“Você, cantor sertanejo de música do mundo e cantora sertaneja de música do mundo. Você que teme a Deus, que acredita em Deus… Você acha que Deus não está vendo você cantar uma letra que invoca o espírito do adultério sobre a nação? Você acha, cara e mulher, que isso vai passar em branco diante dos olhos daquele que reina eternamente? Você acha que Deus não está vendo?”, questionou.
“Pare agora! Pare e comece a orar. Dobra o teu joelho aí onde você está e peça perdão a Deus por sua ignorância. Fale: ‘Jesus, eu quero te receber. Não quero mais ser instrumento de música que produz adultério, depressão e risteza. Jesus, quero ser instrumento do teu louvor’. Clame a Deus. Porque ainda há salvação enquanto você está vivo ou viva. Não espere porque depois que morrer, a passagem está comprada e é só de ida”, bradou.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo