Polêmicas

Cantor morre em altar de igreja após dizer “Obrigado Deus por tudo”

A morte do cantor Frederico Santos pegou a igreja evangélica Pedra Edificante no Estado do Ceará de surpresa.

Cantor morre de forma inesperada em altar de igreja após dizer “Obrigado Deus por tudo”. A morte do cantor Frederico Santos pegou a igreja evangélica Pedra Edificante no Estado do Ceará de surpresa.

O cantor foi convidado pelo Pastor João Helliton para cantar na noite do último domingo na igreja Pedra Edificante, o cantor confirmou a presença para participar do evento da igreja que estava em festa comemorando o aniversário da igreja.

Segundo o Pai de Frederico, o filho sempre foi um ótimo filho e desde criança já cantava na igreja e sempre foi elogiado pelo seu timbre de voz agudo. O pais ainda afirmou que o filho sempre pediu para Deus que se fosse para morrer ele queria que fosse no altar.

Parece que o desejo de Frederico foi atendido, ele estava cantando a música TU ÉS FIEL SENHOR quando de repente ele caiu e logo em seguida a igreja já começou a clamar a Deus e outras pessoas já foram ajudar o cantor.

O pastor conta que a morte dele foi repentina, ele estava cantando e de repente ouviu-se ele falando “Obrigado Deus por tudo” e ele caiu no chão completamente morto. Fiéis da igreja tentaram reanima-lo sem sucesso e logo em seguida o SAMU chegou, mas já era tarde o cantor de apenas 39 anos já estava morto.

A família está abalada, principalmente o Pai que sempre acompanhou a carreira do filho. Frederico Santos estava noiva há 3 meses e não tinha filhos.

Comentários

Dayana Ribeiro da Silva

Dayana Ribeiro Desde menina sempre foi apaixonada por televisão, noveleira assídua desde as tramas alá Maria do Bairro ou intensas como o furacão Carminha. Formada em Publicidade e Propaganda em 2014. Escreve desde que se conhece por gente.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo
Open chat
Envie seu conteúdo e ganhe dinheiro
Envie seus flagras e suas denúncias para a redação do O Buxixo Gospel e ganhe dinheiro.