Gospel

URGENTE: Israel avisa estado de ‘emergência’ após detectar nova cepa do coronavírus

O Ministério da Saúde disse ter detectado a nova cepa em um viajante que voltou do Malaui e que estava investigando dois outros casos suspeitos

O primeiro-ministro Naftali Bennett disse na sexta-feira que Israel está “no limiar de uma situação de emergência” depois que as autoridades detectaram o primeiro caso de uma nova variante do coronavírus no país e proibiram as viagens de e para a maioria dos países africanos.

O Ministério da Saúde disse ter detectado a nova cepa em um viajante que voltou do Malaui e que estava investigando dois outros casos suspeitos. As três pessoas, todas vacinadas, foram colocadas em isolamento.

Uma nova variante do coronavírus foi detectada na África do Sul que os cientistas dizem ser preocupante devido ao seu alto número de mutações e sua rápida disseminação entre os jovens em Gauteng, a província mais populosa do país.

Em uma reunião de gabinete convocada na sexta-feira para discutir a nova variante, Bennett disse que ela é mais contagiosa e se espalha mais rápido do que a variante delta. Ele disse que as autoridades ainda estão coletando informações sobre se ele foge das vacinas ou é mais letal.

“Estamos atualmente no limiar de uma situação de emergência”, disse ele. “Peço a todos que estejam preparados e participem plenamente do trabalho vinte e quatro horas por dia.”

O governo disse mais tarde que todos os países da África Subsaariana seriam considerados “países vermelhos”, dos quais estrangeiros estão proibidos de viajar para Israel. Os israelenses estão proibidos de visitar esses países e aqueles que retornam deles devem passar um período de isolamento.

O exército israelense trabalhará para localizar todas as pessoas que estiveram nos países vermelhos na semana passada e as instruirá a se isolar enquanto os testes são realizados, disse ele.

Comentários

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo